Expresso 50 anos

Coimbra: 50 anos do Expresso numa “cidade de liberdade, de contestação, de tertúlia, de debate”

Coimbra: 50 anos do Expresso numa “cidade de liberdade, de contestação, de tertúlia, de debate”

O presidente da Câmara Municipal de Coimbra inaugurou esta quinta-feira a exposição e o banco que assinalam a passagem de meio século do Expresso pela cidade

Marina Almeida

“Está aqui a história feita”, disse José Manuel Silva, presidente da Câmara Municipal de Coimbra perto do fim do percuso pelas 50 capas da exposição dos 50 anos do Expresso, que está desde hoje na Praça da República, em Coimbra.

“É importante que Coimbra, que é também uma cidade de liberdade, de contestação, de tertúlia, de debate, acolha esta exposição dos 50 anos. Uma exposição que vale a pena percorrer, um Expresso por ano, uma capa por ano, fazem a história dos últimos 50 anos em Portugal”, referiu o autarca.

No fim da visita guiada pelo diretor do jornal, João Vieira Pereira, a comitiva seguiu para o coração da cidade, para a Rua Ferreira Borges, onde foi também inaugurado o Banco Expresso.

“É de facto uma peça de arte urbana que fica muito bem na nossa cidade”, disse José Manuel Silva, que assumiu ter uma relação emocional com o jornal: “O Expresso tem esta característica de ter 50 anos, de ter começado antes do 25 de Abril e de o meu irmão mais velho ter comprado o primeiro número.”

Francisco Maria Balsemão, José Manuel Silva e Mónica Balsemão (à frente), João Vieira Pereira e Mário Rocha (da Antarte) atrás

Coimbra é a oitava escala da exposição Expresso 50 anos na sua itinerância pelas capitais de distrito pelo País. Encontra os múpis com as 50 capas do semanário (uma por cada ano de publicação), na Praça da República. Em cada capa do jornal pode aceder, através dos códigos QR, aos podcasts elaborados pelos jornalistas do Expresso recordando o que de mais relevante se passou em cada um destes 50 anos de história do País e do mundo. O acesso à exposição é gratuito e sem limite de horário.

Já o Banco Expresso ficou instalado em frente ao Museu Municipal de Coimbra, na Rua Ferreira Borges, na baixa da cidade. Tem ligação wi-fi gratuita e permite o acesso aos exclusivos do jornal durante um ano.

A exposição Expresso 50 anos está a percorrer todo o país. Começou em Lisboa. Seguiram-se as cidades de Santarém, Portalegre e Castelo Branco, Guarda, Bragança e Vila Real. Nos próximos meses vai percorrer mais dez capitais de distrito, num convite à leitura, à celebração do jornalismo, e à descoberta da história. Com a exposição será inaugurado o Banco Expresso, que ficará como marca desta iniciativa em cada cidade.

Este projeto é possível graças ao apoio dos patrocinadores: Altice, BPI, Hyundai, JC Decaux e Navigator. O banco é possível graças ao apoio da Antarte.

Exposição do 50 anos do Expresso está na Praça da República, em Coimbra

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas