Blitz Posto Emissor

Posto Emissor #115: BLITZ convida Capicua. Da primeira rima de sempre à admiração por Caetano Veloso

8 setembro 2022 16:00

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

João Martins

Sonoplastia

Dois anos e meio depois de ter sido a primeira convidada do Posto Emissor, Capicua regressa ao podcast da BLITZ para falar sobre o livro de crónicas acabado de publicar, o que “a tribo” do hip-hop do Porto, nos anos 90, lhe ensinou, a importância do feminismo e a experiência da maternidade. Ao nosso microfone, a rapper do Porto revela ainda a primeira rima que fez, em criança. A homenagem a Taylor Hawkins, a estreia do festival MEO Kalorama e o novo disco de Salvador Sobral são outros temas

8 setembro 2022 16:00

Lia Pereira

Lia Pereira

Jornalista

João Martins

Sonoplastia

Capicua regressou ao Posto Emissor, podcast da BLITZ do qual foi, em janeiro de 2020, a primeira convidada de sempre. A artista acaba de editar o livro “Aquário”, composto por crónicas, poemas e letras de canções.

A inspiração (e o propósito) de “Aquário”, as lições do movimento hip-hop do Porto nos anos 90 e a experiência da maternidade foram alguns dos temas abordados. Ana Fernandes, verdadeiro nome de Capicua, falou ainda sobre a importância do feminismo, a evolução do hip-hop (que diz ter hoje um público menos juvenil e masculino) e a paixão pelo Brasil. O dia em que conheceu Caetano Veloso e a primeira rima que fez, quando tinha dois anos e meio, foram outros temas da conversa com Lia Pereira.

Neste Posto Emissor, falamos ainda da primeira edição do MEO Kalorama, em Lisboa, com concertos de Arctic Monkeys, Nick Cave ou Kraftwerk; do grande espetáculo de homenagem a Taylor Hawkins, o malogrado baterista dos Foo Fighters; do novo disco de Salvador Sobral e dos concertos dos próximos dias.

Ouça aqui este e outros episódios do Posto Emissor: