Isabel II

Homem detido por distúrbio no velório de Isabel II

16 setembro 2022 23:58

Pedro Cordeiro

Pedro Cordeiro

Enviado a Londres

Editor da Secção Internacional

Carlos III e os irmãos fizeram vigília ao caixão da mãe, Isabel II, esta sexta-feira

hannah mckay/wpa/getty images

Um indivíduo correu até ao caixão da rainha e tocou-lhe. Está sob custódia policial. Este foi o terceiro incidente de ordem pública do dia

16 setembro 2022 23:58

Pedro Cordeiro

Pedro Cordeiro

Enviado a Londres

Editor da Secção Internacional

Um homem foi detido esta sexta-feira à noite por ter perturbado o velório público de Isabel II. Segundo o diário “The Guardian”, o indivíduo em causa correu de uma ponta do salão do Parlamento onde decorre a cerimónia e tocou no caixão da rainha, antes de a polícia o travar.

A polícia de Londres explicou que “o Comando de Proteção Parlamentar e Diplomática deteve um homem no Salão de Westminster após distúrbios”. O infrator permanece detido. O incidente no velório deu-se pouco antes das 22h.

Num episódio separado, dois homens foram a tribunal esta sexta-feira sob alegação de agressão sexual contra duas mulheres na fila para o velório. De madrugada, dois polícias foram esfaqueados no centro de Londres, sem aparente relação com as exéquias da soberana.

O tempo para os cidadãos comuns homenagearem a monarca termina segunda-feira às 6h30 da manhã. Ao fim da tarde desta sexta-feira, o rei Carlos III e os seus irmãos Ana, André e Eduardo tinham feito uma vigília de 15 minutos em redor do ataúde da mãe. Sábado será a vez dos oito netos de Isabel II.

A fila para ver o caixão da rainha estava, ao fim do dia, com um tempo de espera estimado de 19 horas e meia, estendendo-se por mais de oito quilómetros. As novas entradas estiveram impedidas esta sexta-feira durante seis horas, por afluxo excessivo.