Blitz

Em 2023, os U2 poderão ser a primeira banda a tocar numa das salas mais futuristas do mundo

2 janeiro 2023 12:12

O novo ano poderá trazer grandes desafios para os U2, como a missão de “estrear” uma sala futurista em Las Vegas, nos Estados Unidos. “Mas não vão fazer uma residência como as da Céline Dion”, revela fonte próxima da banda

2 janeiro 2023 12:12

Numa altura em que não editam um longa-duração desde 2017, e em que Bono admite que gostava de voltar aos topes de vendas, o futuro próximo dos U2 permanece em relativo segredo.

Contudo, e segundo um artigo exclusivo do jornal “The Independent”, os irlandeses podem estar a preparar-se para apresentar um espetáculo especial, no decurso de 2023.

Aquela publicação ouviu uma fonte próxima dos U2, o radialista e jornalista Dave Fanning, que acredita que a banda de Dublin poderá ser a escolhida para inaugurar um novo recinto de espetáculos em Las Vegas.

Esta sala pertence aos mesmos proprietários do Madison Square Garden, mítico recinto de Nova Iorque, localizando-se no resort de luxo Venetian, no estado norte-americano do Nevada.

Porém, a acontecer, a residência dos U2 na MSG Sphere não será uma residência como a que vários artistas têm por hábito levar a cabo em Las Vegas, garante Dave Fanning. “Devem fazer uma residência, mas não como as da Céline Dion”, esclarece o insider. “A vantagem de Las Vegas é que toda a gente vai lá, então há voos baratos a partir de todas as cidades nos Estados Unidos. Por isso, se puderes ter o espetáculo todo montado ali, nem sequer tens de andar em digressão - é espetacular.”

Com capacidade para cerca de 20 mil pessoas, a MSG Sphere representa um custo de quase 2 mil milhões de euros e deverá oferecer condições superlativas de luz e som, avança Dave Fanning. “Daqui a dois ou três anos, toda a gente terá tocado lá. Mas estrear a sala vai ser incrível, é uma coisa enorme.”

Como o nome indica, a sala terá uma forma esférica, devendo ser a maior estrutura nesse formato alguma vez construída. A data prevista de abertura é de setembro deste ano e a capacidade da sala é de 20 mil pessoas em pé e 17500 pessoas sentadas.

Em 2022, Bono lançou um livro de memórias, Surrender: 40 Canções, Uma História”, que apresentou com uma série de espetáculos intimistas. No final do ano, o baterista Larry Mullen Jr. deu uma entrevista na qual admitiu não saber se, na eventualidade de os U2 voltarem à estrada, teria condições de se lhes juntar. As declarações foram mais tarde desvalorizadas pelo baixista Adam Clayton.