Revista de imprensa

Bispo do Porto é acusado de não ter dado atenção a denúncia de abuso sexual feita há 18 anos

Bispo do Porto é acusado de não ter dado atenção a denúncia de abuso sexual feita há 18 anos
wwing

Uma mulher terá confessado ao atual bispo do Porto, Manuel Linda, quando tinha 13 ou 14 anos, que, “mesmo sendo menor, tinha um envolvimento com o padre Heitor”. Na altura, o prelado culpou a criança

Uma mulher acusa o atual bispo do Porto, Manuel Linda, de não ter dado atenção à denúncia de abuso sexual que lhe fez há 18 anos. A queixa, em forma de “desabafo”, foi feita, segundo o “Jornal de Notícias”, quando a jovem era aluna de Educação Moral Religiosa do bispo na Escola Secundária Camilo Castelo Branco, de Vila Real.

A aluna, que tinha 13 ou 14 anos, terá confessado a Manuel Linda que, “mesmo sendo menor", tinha "um envolvimento com o padre Heitor”. A mulher refere que abordou o professor no fim de uma aula e o terá acompanhado até à porta do Seminário. “Ele disse que a culpa era minha. Que eu é que andava atrás dele".

“Com aquela resposta saí de lá a chorar. Depois, pedi ao meu pai para mudar para um colégio interno de Vila Nova de Gaia para poder afastar-me. Heitor descobriu onde eu estava e reatámos a relação", conta.

“Achei que estávamos apaixonados. Ele era o meu ídolo, eu era a escolhida”, refere ao “Correio da Manhã”. Aos 23 anos, a mulher engravidou. A filha dos dois tem agora quase oito anos e está no centro de um processo de regulação de poder parental. Heitor — que deixou de ser padre — quer fazer quer visitas prolongadas à filha. “Tenho medo de que lhe faça o mesmo que começou por me fazer a mim, porque não tem laços afetivos nem emocionais com a filha", refere a mãe.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: piquete@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas