Exclusivo

Sociedade

“Se somos tão inteligentes, porque estamos a fazer tanta estupidez?”: Yuval Harari veio a Lisboa avisar que a IA ameaça a democracia

“Se somos tão inteligentes, porque estamos a fazer tanta estupidez?”: Yuval Harari veio a Lisboa avisar que a IA ameaça a democracia
SOPA Images

Na conferência “Humanidade, não é Assim tão simples”, promovida pela Fundação Francisco Manuel dos Santos na Estufa Fria, em Lisboa, o historiador israelita, autor de livros como “Sapiens” e “Homo Deus”, defendeu que é urgente regulamentar a tecnologia e proibir que sejam lançados novos mecanismos de IA sem que sejam previamente estudados os seus efeitos

Alarmado com o vertiginoso desenvolvimento da Inteligência Artificial (IA), o historiador israelita Yuval Noah Harari, autor de best-sellers sobre o passado, presente e futuro da Humanidade, deixou esta sexta-feira em Lisboa vários avisos sobre a ameaça iminente que a “disrupção tecnológica” representa para a democracia e para a própria mente humana. “A inteligência artificial pode fazer-nos perder grande parte do nosso potencial como humanos, sem que sequer nos apercebamos disso”, avisou.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: JBastos@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas