Sociedade

James Webb: Ainda agora chegaram as primeiras imagens, mas “não vai demorar muito até se falar de candidatos à existência de vida”

12 julho 2022 23:10

Nebulosa Carina

nasa, esa, csa, and stsci

Um retrato do universo quando jovem, um gigante gasoso com água na atmosfera, um bailado galático, um cemitério e um berço de estrelas: eis as primeiras cinco imagens captadas pelo James Webb, uma potente e sensível máquina do tempo. “Ao olhar para longe, estamos a olhar para o passado”, explica o astrofísico José Afonso ao Expresso. O espantoso telescópio já identificou “algumas das que podem ser as primeiras galáxias do universo”, vistas a 13,1 mil milhões de anos-luz de distância, no rescaldo do Big Bang, quando a Terra ainda estava muito longe de existir

12 julho 2022 23:10

A última vez que um Presidente dos EUA utilizou o Espaço como palco foi em 1996, quando Bill Clinton fez questão de anunciar, com toda a certeza deste mundo e de outros, que evidências de vida em Marte tinham sido descobertas. O que poderia ser um grande salto político revelou-se, com o tempo, uma grande queda no ridículo. Desde então, nenhum dos que o sucedeu na Casa Branca ousou atrair os holofotes para apresentar ao mundo uma grande façanha científica. Assim foi até esta segunda-feira, dia em que Joe Biden fez questão de assumir o protagonismo no momento de revelar a primeira imagem captada pelo telescópio James Webb Space Telescope (JWST).