Sociedade

Indonésia: vulcão expele coluna de fogo com 2 quilómetros

5 fevereiro 2022 15:35

O vulcão Anak Krakatau voltou a dar sinais da sua actividade, depois de em 2018 ter tido uma forte erupção noturna que causou, na altura, o colapso de parte da montanha e cerca de 439 mortos

5 fevereiro 2022 15:35

O vulcão Anak Krakatau, na Indonésia, expeliu na sexta-feira uma coluna de fogo com uma altura superior a dois quilómetros durante 144 segundos, adiantou hoje a Efe. 

Segundo a agência de notícias espanhola, que citou o serviço vulcanologia da Indonésia, aquele que é um dos vulcões mais ativos daquele país entrou em erupção às 13h03 horas locais (6:03 TMG) depois de ter sido registado um aumento de atividade nos últimos dias, incluindo outras cinco erupções menores entre sexta-feira e esta manhã.

A Efe relatou que as cinzas cinzentas espessas do Anak Krakatau, localizado numa ilha desabitada no Estreito de Sonda, que separa as ilhas de Sumatra e Java, ultrapassaram os 2.157 metros acima do nível do mar.

“As avalanches vulcânicas não podem ser previstas em tempo e volume, e não dependem do estado do vulcão. Podem ocorrer com ou sem um aumento da atividade vulcânica”, referiu o chefe da Agência Geológica, Eko Budi Lelono.

Em 22 de dezembro de 2018, uma forte erupção noturna daquele vulcão causou o colapso parcial do cone da montanha, causando um tsunami que fez pelo menos 439 mortos e mais de 7.200 feridos, de acordo com os números oficiais. Descoberto em 1927, Anak Krakatau surgiu das águas mais de meio século após a grande erupção do lendário Krakatoa, cuja caldeira desabou em 1883, após uma série de explosões que mataram mais de 36 mil pessoas e cujos efeitos foram sentidos em todo mundo durante semanas.