Revista de imprensa

Mãe de bebé que esteve internado no São João em estado “muito grave” foi constituída arguida

13 outubro 2022 10:23

Lesões apresentadas pela criança são compatíveis com a síndrome do bebé abanado. Mãe de 19 anos é a principal suspeita de ter provocado lesões ao filho

13 outubro 2022 10:23

A mãe da criança de quatro meses que esteve internada no hospital de São João em estado “muito grave” foi constituída arguida, segundo o "Correio da Manhã”. O bebé tem agora seis meses e está institucionalizada.

Os médicos consideram que as lesões apresentadas pela criança são compatíveis com a síndrome do bebé abanado e, por isso, suspeitaram que a criança pudesse ter sido vítima de agressões. A mãe, de 19 anos, é a principal suspeita de ter provocado lesões ao filho.

Como se trata de um bebé com pouco tempo de vida, os médicos não conseguem precisar se ficará com sequelas. Apesar de já não estar internado, continua a ser acompanhado. O caso está a ser seguido pelo Ministério Público, DIAP, Polícia Judiciária e pela Comissão de Proteção de Crianças e Jovens da área de residência.