Loading...

Política

João Galamba recebido com protestos em Boticas, desiste de visita agendada

Ao contrário do que estava previsto, o secretário de Estado Adjunto e da Energia acabou por não visitar o Centro de Informação de Covas do Barroso, mesmo depois de acompanhado pela GNR. Populares protestavam contra a exploração do lítio. Galamba disse já estar “à espera”

O secretário de Estado Adjunto e da Energia, João Galamba, foi esta segunda-feira recebido em Boticas por populares em protesto contra a exploração do lítio, acabando por não visitar o Centro de Informação de Covas do Barroso, tal como previsto.

Depois de um encontro na Câmara Municipal de Boticas, o governante seguiu para uma visita ao Centro de Informação de Covas do Barroso, distrito de Vila Real, que acabou por não acontecer devido ao protesto de dezenas de populares que, empunhando cartazes, gritavam "Não à Mina, Sim à Vida".

Aos jornalistas, João Galamba não se mostrou surpreendido e afirmou posteriormente que “já estava à espera”. Estava era também “à espera de conseguir conversar com as pessoas”, o que não foi possível.

Sublinhou, no entanto, ter visitado o local onde decorrem os trabalhos, “aí sim” onde “estavam os moradores da aldeia mais próxima”, considerando que a opinião sobre o tema “é plural”. “Há pessoas a favor, pessoa contra, e a nossa obrigação é prestar todos os esclarecimentos e falar com as pessoas. Temos toda a disponibilidade para o fazer”, concluiu.

Em Boticas, depois de o carro ter sido cercado pelos manifestantes, João Galamba voltou para trás, tendo regressado mais tarde já com a presença da GNR no local, mas, mesmo assim, acabou por não fazer a visita prevista.

(Artigo atualizado às 18h45)

+ Vídeo
+ Vistas