Internacional

Rushan Abbas: “O sangue dos uigures não devia tornar a China economicamente forte”

27 setembro 2022 19:50

Salomé Fernandes

Salomé Fernandes

jornalista da secção internacional

tiago miranda

Em entrevista ao Expresso, a ativista norte-americana uigur Rushan Abbas fala do seu percurso na procura de informação sobre a irmã, o desapontamento com as ações das Nações Unidas quanto aos direitos humanos daquela minotia muçulmana na China e apela a pressão internacional sobre o regime de Pequim

27 setembro 2022 19:50

Salomé Fernandes

Salomé Fernandes

jornalista da secção internacional

A ativista norte-americana uigur Rushan Abbas está em Portugal a convite da Embaixada dos Estados Unidos. Fundadora e diretora executiva da organização Campaign for Uyghurs, há anos que tenta chamar a atenção para a Região Autónoma Uigur de Xinjiang, na China, onde as Nações Unidas indicaram recentemente que podem estar a ser cometidos crimes contra a Humanidade. Uma avaliação a que a China se opõe, argumentando que é baseada em desinformação.