Economia

O 'novo' Twitter de Elon Musk tem um multimilionário príncipe saudita como segundo maior acionista

“Caro amigo ‘Chief Twit’, Elon Musk, juntos até o fim”, escreveu na sexta-feira Al Waleed na sua conta no Twitter, depois de Musk anunciar a aquisição da rede social.

O príncipe multimilionário saudita Al Waleed bin Talal tornou-se o segundo maior acionista do 'novo' Twitter, depois de o magnata sul-africano Elon Musk ter comprado a rede social.

“Caro amigo ‘Chief Twit’, Elon Musk, juntos até o fim”, escreveu na sexta-feira Al Waleed na sua conta no Twitter, depois de Musk anunciar a aquisição da rede social.

O príncipe saudita disse que transferiu a propriedade das 34.948.975 ações que detinha no Twitter, para o "novo Twitter", tornando Al Waleed "o segundo maior acionista depois de Elon Musk".

O saudita rejeitou, em abril, a oferta de Musk, também CEO da Tesla, de 43 mil milhões de dólares (cerca de 40 mil milhões de euros) para comprar a rede social.

"Não acho que a oferta proposta por Elon Musk chegue perto do valor intrínseco do Twitter, dadas suas perspetivas de crescimento", disse o príncipe na altura.

Depois de se tornar, na sexta-feira, o único dono do Twitter, Elon Musk, tomou as decisões de demitir a direção e sair da Bolsa de Valores de Nova Iorque, além de anunciar uma nova política de moderação de conteúdos.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas