Blitz

Coldplay em Coimbra: quem serão os convidados portugueses?

Coldplay e Seu Jorge na passagem pelo Brasil da digressão "Music of the Spheres"
Coldplay e Seu Jorge na passagem pelo Brasil da digressão "Music of the Spheres"
Instagram Seu Jorge

Na cidade dos estudantes, Bárbara Bandeira assegura a primeira parte dos quatro espetáculos dos Coldplay, mas poderá haver outras surpresas em português. A banda inglesa tem chamado músicos locais a palco: Seu Jorge e Milton Nascimento foram alguns dos artistas brasileiros que se juntaram ao Chris Martin e companheiros no Brasil, naqueles que são os mais recentes concertos da digressão “Music of the Spheres”. Como será por cá?

Os Coldplay dão esta quarta-feira o primeiro de quatro concertos esgotados no Estádio Cidade de Coimbra e, a julgar pelos alinhamentos desta digressão, os fãs deverão ter direito a surpresas com gostinho português. Avaliando pelo que a banda tem feito no decorrer da digressão “Music of the Spheres” no outro lado do Atlântico, músicos locais serão convidados a juntar a sua voz à de Chris Martin.

Bárbara Bandeira, convidada para assegurar as primeiras partes dos quatro espetáculos de Coimbra, junto com Griff, poderá, assim, não ser a única artista portuguesa a subir ao palco do estádio, visto que no Brasil, por exemplo, as primeiras partes dos concertos em São Paulo, Curitiba e Brasília, no passado mês de março, foram asseguradas por Elana Dara e Clara x Sofia (além dos Chvrches), mas quem se juntou à banda britânica foram Seu Jorge, Milton Nascimento, Zeca Veloso, Rael e Sandy, do duo Sandy & Junior.

Seu Jorge foi o convidado que mais vezes atuou ao lado dos Coldplay no Brasil, subindo ao palco em São Paulo e no Rio de Janeiro para cantar o seu sucesso ‘Amiga da Minha Mulher’. Milton Nascimento juntou-se à banda no Rio de Janeiro a 28 de março, o último espetáculo em terras brasileiras, para cantar ‘Maria Maria’, ao lado de Seu Jorge. Já Sandy, além de ‘Quando Você Passa (Turu Turu)’, ajudou os Coldplay a cantar o sucesso ‘Magic’, que chegou também a ser ouvido numa versão em português no Rock in Rio Brasil. Antes, em 2022, na Argentina, Chile, Colômbia e Peru também músicos dos respetivos países subiram ao palco e/ou canções locais foram interpretadas. Não há razão para acreditar que em Portugal, no arranque da digressão europeia, seja diferente.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: blitz@impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas