Blitz

Robert Smith diz que os Cure cancelaram 7 mil bilhetes que foram comprados para revender

Robert Smith diz que os Cure cancelaram 7 mil bilhetes que foram comprados para revender
Getty Images

Os Cure continuam a querer tornar mais transparente a venda de bilhetes para a sua próxima digressão. Agora, cancelaram bilhetes que foram comprados unicamente com o propósito de serem disponibilizados no mercado secundário

Robert Smith anunciou que os Cure cancelaram cerca de 7 mil bilhetes para os concertos da sua nova digressão norte-americana, que foram adquiridos unicamente com o propósito de serem revendidos.

Estes bilhetes foram detetados em websites de venda de bilhetes em segunda mão, alguns deles colocados por contas falsas. Esses bilhetes cancelados serão, agora, novamente colocados à venda através dos canais oficiais, destinando-se aos fãs.

Segundo o músico, os revendedores ter-se-ão disposto a vender os acessos às suas contas na Ticketmaster, juntamente com os bilhetes. “Todos os bilhetes que sejam comprados desta forma serão cancelados”, avisou, no Twitter. “Quaisquer taxas adicionais pagas por estes bilhetes não serão reembolsadas, e serão doadas à Amnistia Internacional”.

A nova digressão dos Cure pelos Estados Unidos fica desde já marcada pela “guerra” de Robert Smith contra os chamados “candongueiros”, depois de ter anunciado espetáculos com preços acessíveis a todo o tipo de fãs. O músico apontou ainda contra a gigante Ticketmaster, depois de esta ter cobrado taxas por vezes mais elevadas do que o próprio preço de um bilhete.

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: blitz@impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate