Blitz

Panic! At the Disco anunciam o fim: “É preciso que uma viagem acabe para que uma nova comece”

24 janeiro 2023 18:58

Rita Coelho

Rita Coelho

Jornalista

Brendon Urie, dos Panic! At the Disco

getty images

A banda americana anunciou que irá por um ponto final à carreira após uma digressão europeia. O vocalista Brendon Urie agradeceu aos fãs por quase 20 anos de carreira

24 janeiro 2023 18:58

Rita Coelho

Rita Coelho

Jornalista

Depois de 19 anos de percurso, os norte-americanos Panic! At the Disco anunciaram esta terça-feira, 24 de janeiro, o ponto final da carreira depois de uma digressão europeia.

A decisão, que apanhou os fãs da banda de surpresa, foi anunciada pelo vocalista Brendon Urie. Em publicação nas redes sociais, o vocalista afirmou: "Tem sido uma viagem e tanto… (…) Tendo crescido em Las Vegas, não podia imaginar até onde poderia ir nesta vida (...) [Estive em] tantos lugares em todas as partes do mundo e tantos amigos fiz pelo caminho. Às vezes, é preciso que uma viagem acabe para que uma nova comece", escreveu.

Instagram

Urie revelou ainda que a principal razão para o ponto final se deve ao nascimento iminente do seu primeiro filho, que se tornará a sua prioridade. O agradecimento aos fãs que seguem o grupo desde o início também fez parte do texto de despedida do artista. "Obrigado a todos pelo apoio ao longo dos anos. Quer tenham estado connosco desde o início, quer tenham chegado mais tarde, tem sido um prazer passar tempo convosco, além de partilhar o palco com pessoas tão talentosas".

Brendon Urie deixou, no entanto, um recado para os fãs “Estou ansioso para vos ver na Europa e no Reino Unido para uma última corrida juntos”, já que o “fim” só acontecera depois da digressão europeia que tem início no dia 20 de fevereiro em Viena (Áustria) e termina em Manchester (Reino Unido) a 10 de março, sem passar por Portugal.

A banda, que existe há quase 20 anos, lançou sete álbuns: disco de estreia “A Fever You Can't Sweat Out” em 2005, “Pretty. Chance.” em 2008, “Vices & Virtues” em 2011 e “Too Weird to Live, Too Rare to Die” em 2013. Em 2016, Brendon Urie assumiu a banda como um projeto a solo e, ainda nesse ano, lançou o álbum “Death of a Bachelor”. Seguiu-se, em 2018, “Pray for the Wicked”. O último disco foi lançado no ano passado com o título “Viva Las Vengeance”.