Blitz

Os Pink Floyd estão a ser alvo da fúria dos “anti-woke” devido ao arco-íris do 50º aniversário de “The Dark Side of the Moon”

21 janeiro 2023 11:00

A capa de “The Dark Side of the Moon” sempre teve um prisma colorido, mas houve quem visse agora aí um apoio, da parte dos Pink Floyd, à causa LGBTQ+. Os fãs estão perplexos e divertidos

21 janeiro 2023 11:00

Os Pink Floyd anunciaram esta semana o lançamento de uma nova box set, em comemoração dos 50 anos do clássico “The Dark Side of the Moon”, para muitos a sua obra-prima.

A capa do disco, onde um prisma é atravessado por um feixe de luz, tornou-se icónica com o passar do tempo. E foi a isso que os Pink Floyd fizeram referência, com a divulgação de um novo logótipo com as cores do arco-íris.

Porém, houve quem visse nesse logótipo uma determinada demonstração do apoio dos Pink Floyd a causas LGBTQ+ - o que tem deixado os fãs da banda tão perplexos quanto divertidos, como conta o website “Louder Sound”.

Nos comentários à publicação dos Pink Floyd, no Facebook, podem ler-se coisas como “deitem fora o arco-íris, parecem parvos” ou “era fã, mas agora nunca mais ouvirei a vossa música”, da parte de fãs “anti-woke”. Outros questionam “qual a ligação entre a obra-prima dos Pink Floyd e a comunidade LGBTQ+”.

Os fãs do grupo têm, por sua vez, reagido com ironia: “Imaginem dizer ser fã dos Pink Floyd e não conhecerem nada sobre o grupo”, o que é tanto referência à capa de “The Dark Side of the Moon” quanto às políticas de esquerda da banda.

Por entre alguma paciência - “é um prisma” - e irritação - “o 'The Wall' demonstrou bem que a homofobia é inadmissível”, houve ainda quem não perdesse o sentido de humor: “Algumas pessoas levaram muito a sério o verso we don't need no education”.