Blitz

Da Weasel: "O facto de haver miúdos pequenos a gostar de nós é sinal de que fizemos a coisa bem"

9 julho 2022 19:54

Da Weasel

rita carmo

Os Da Weasel voltam a tocar juntos este sábado. É no NOS Alive, em Algés, e antes do concerto a banda deu uma breve conferência de imprensa, com algumas novidades

9 julho 2022 19:54

Os Da Weasel responderam às perguntas da imprensa, poucas horas antes do concerto marcado para este sábado, no NOS Alive, que marca o regresso da banda aos palcos.

Sobre a longevidade do encanto dos Da Weasel, populares entre adolescentes e crianças que não eram nascidos quando a banda estava no ativo, Carlão acredita que esse é um sinal de que os autores de 'Adivinhem Quem Voltou' fizeram "a coisa bem".

Admitindo algum "nervosismo bom" em relação ao espetáculo de hoje, anunciado em 2019 e adiado por duas vezes devido à pandemia, o grupo, que se apresentou com camisolas da seleção nacional de futebol, resumiu: "Estivemos dois anos e meio a trabalhar para um concerto de uma hora e meia. Geraram-se muitas expectativas, mas estamos felizes por subir a este palco maravilhoso para uma despedida como deve ser", disse Carlão, acrescentando que estes são "o sítio e o momento certos" para fazê-los.

Mercê da experiência, os Da Weasel acreditam poder estar a tocar melhor agora. Quanto a planos para o futuro, recusaram-se a fazer revelações, escudando-se na brincadeira futebolística do "agora só pensamos neste jogo".

Nesta conferência de imprensa, a banda anunciou também o lançamento de uma biografia, em 2023.