Saúde

“Mortes e mutilações”, “doente exsanguinado”, “radioterapia sem tumor”: Ordem investiga denúncias de erros graves no Amadora-Sintra

13 janeiro 2023 8:58

ruben bonilla gonzalo

Suspeitas recaem sobre cirurgiões do Hospital Amadora-Sintra. São 22 casos e já estão sob investigação

13 janeiro 2023 8:58

Um total de 22 doentes operados no Hospital Fernando Fonseca, vulgo Amadora-Sintra, “morreram ou ficaram mutilados” alegadamente por má prática da equipa cirúrgica. A denúncia é feita por dois cirurgiões da unidade e está a ser investigada por peritos independentes nomeados pela Ordem dos Médicos.

Os casos remontam ao ano passado e foram comunicados à direção clínica do Amadora-Sintra no início de outubro, sobre 17 doentes, e no final de novembro com mais cinco situações. A Ordem foi igualmente informada sobre as suspeitas por correio eletrónico, enviado em meados de dezembro.