Exclusivo

Sociedade

IVA zero vai incluir bebidas e iogurtes vegetais, mas vegetarianos consideram cabaz “insuficiente”

IVA zero vai incluir bebidas e iogurtes vegetais, mas vegetarianos consideram cabaz “insuficiente”
STEPHANE MAHE/REUTERS

O cabaz, que inicialmente contava com 44 bens essenciais, vai agora incluir bebidas e iogurtes vegetais — como alternativa aos laticínios — e produtos dietéticos destinados à nutrição entérica (alimentação por sonda). Para a nutricionista Ana Isabel Monteiro a adição é “ótima”, mas para a Associação Vegetariana Portuguesa continuam a faltar “alternativas de base vegetal”

O cabaz alimentar com IVA zero vai passar a incluir bebidas vegetais e produtos dietéticos destinados à nutrição entérica (alimentação por sonda). Esta terça-feira, foram aprovadas as propostas de vários partidos para aumentar a lista de bens que beneficiarão de IVA zero já a partir do dia 18 de abril. No entanto, para a Associação Vegetariana Portuguesa (AVP) continua a não haver “alternativas de base vegetal suficientes e possíveis de incluir nas refeições”.

O atual cabaz continua a ser “insuficiente”, “deixando de fora alimentos de elevado valor nutricional, como cogumelos e outras variedades de hortícolas”, e faz ainda falta “fonte de proteína vegetal (como tofu, seitan e restantes leguminosas)”, afirma a vice-presidente da AVP, Joana Oliveira, ao Expresso. A proposta do Governo, que incluía inicialmente 44 bens essenciais, foi votada ontem pela Comissão de Orçamento e Finanças já com as novas alterações.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: mtribuna@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas