Sociedade

Como uma invasão de palco contra o ‘transfake” pode vir a ser o início de uma revolução e lança um importante debate sobre inclusão

22 janeiro 2023 14:04

José Fernandes

José Fernandes

Fotojornalista

A invasão de palco no teatro São Luiz em Lisboa, pela atriz travesti brasileira Keyla Brasil, acabou por ter um efeito maior do que o mero impacto do momento. Foi na quinta-feira passada, a meio da peça teatral “Tudo Sobre A Minha Mãe”, que o protesto contra a exclusão e violência do “transfake”, aconteceu e provocou a mudança. De um dia para o outro, a companhia “Teatro do Vão” assumiu a falha e substituiu o ator cisgénero (não trans), André Patrício, que representava a personagem trans “Lola”, pela atriz trans Maria João Vaz. Fomos ouvir as protagonistas desta história, as vozes críticas, e as ativistas trans por detrás desta luta, com manifestação marcada para este domingo em Lisboa

22 janeiro 2023 14:04

José Fernandes

José Fernandes

Fotojornalista

Foi tudo muito rápido. Passavam poucos minutos das dez da manhã. A atriz trans Maria João Vaz, de 58 anos, estava a tomar o pequeno-almoço em sua casa e, com espanto, recebeu uma chamada da produção da peça de Daniel Gorjão a perguntar se estaria disponível para substituir naquele mesmo dia, ou nos dias seguintes, o ator André Patrício, que interpretava a mulher trans “Lola”, na peça “Tudo Sobre a Minha Mãe”, em cena no Teatro São Luiz, a partir do texto de Samuel Adamson, que adaptou o famoso filme de Pedro Almodóvar para teatro​.