Sociedade

Foram seis os militares do curso de comando a receber tratamento hospitalar

13 setembro 2022 8:53

tiago miranda

Só o militar que foi transplantado ainda se encontra internado

13 setembro 2022 8:53

Foram seis, e não dois, os militares do 138.º curso de comandos que tiveram necessidade de receber tratamento hospitalar, na primeira semana da formação. Segundo o jornal “Público”, os restantes quatro jovens receberam assistência hospitalar na quinta-feira (quarto dia do curso). Os outros dois foram internados no terceiro dia de formação.

“Destes, um dos militares teve alta no próprio dia, dois obtiveram alta no dia 9 de setembro [sexta-feira] e um regressou ao seu domicílio no dia 10 de setembro [sábado], todos recuperados”, escreveu o Exército num comunicado divulgado esta segunda-feira sobre os quatro militares que foram internados no Hospital das Forças Armadas - Pólo de Lisboa.

O único dos seis militares que ainda se encontra internado é aquele que realizou um transplante, estando, neste momento, “sujeito a meticulosas intervenções de acompanhamento”. O jovem tem cerca de 20 anos. Este sábado, o Estado-Maior do Exército ordenou a interrupção do 138.º curso de comandos até ao apuramento do processo de averiguações àquela formação.