Sociedade

Champions no Porto. Não há bolha nas fanzones, adeptos entram e saem

29 maio 2021 13:43

octavio passos

Três centenas de testes rápidos à covid-19 tiveram de ser feitos aos adeptos cujo teste PCR já havia caducado. De outra forma, não podem entrar na respectiva fan zone

29 maio 2021 13:43

Desde a manhã deste sábado que os adeptos com bilhete para a Final da Liga dos Campeões entre o Chelsea e o Manchester City entram e saem da respectiva fan zone. Não há obrigatoriedade de permanecerem dentro do perímetro de segurança até à hora do jogo, altura em que as fan zones ficarão livres para outros adeptos, sem bilhete para o jogo, mas com teste negativo.

Nos Aliados, onde se encontra a fan zone do Chelsea, os apoiantes dos 'blues' têm de permanecer numa fila para receber uma pulseira amarela que os levará à fan zone e mais tarde ao Estádio do Dragão.

Até à hora de almoço de sábado, 120 apresentaram teste à covid-19 caducado e tiveram de se deslocar a um ponto da Cruz Vermelha, nos Aliados, para realizarem um teste rápido, no valor de 20 euros. Acontece, por exemplo, às pessoas que já viajaram para Portugal na quinta-feira e cujo teste já tem mais de 72 horas.

Ao todo, segundo apurou o Expresso junto de fonte da Cruz Vermelha, foram realizados 316 testes rápidos ao longo da manhã, nos cinco pontos: um nos Aliados, outro na Alfândega e três ao redor do estádio.

Durante a manhã deste sábado têm chegado autocarros com adeptos, no dia em que são esperados 80 aviões alugados pelos dois clubes (charters) com o objetivo de trazer os adeptos durante a manhã de sábado e levá-los de volta depois do jogo.