Júri

Júri

15 março 2022 15:16

Para avaliar as obras a concurso, este galardão organizado pelo Expresso e a SIC Notícias, conta com um júri composto por especialistas que se distinguem no sector imobiliário. Fique a conhecer a sua constituição:

15 março 2022 15:16

Vítor Andrade

Jornalista há mais de 30 anos, é licenciado em comunicação social pelo Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa. Chegou ao jornalismo por mero acaso e começou como colaborador na imprensa regional. Em seguida foi colaborador no Diário de Notícias, O Dia, Correio da Manhã, Rádio Renascença, Rádio Universidade Tejo, nas revistas Briefing, Água e Ambiente e Volta ao Mundo. Foi pivot de um programa de marketing e publicidade da SIC e é autor do livro “Onde Falham as Cidades”. Trabalha no Expresso desde 1989, onde é atualmente coordenador de economia e foi já premiado quatro vezes com trabalhos nesta área.

Manuel Reis Campos

Licenciado em Engenharia Civil, pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto é, entre outras empresas a que está ligado, presidente do conselho de administração da Sociedade de Reabilitação de Imóveis (SORI). Com um longo percurso no associativismo empresarial, destaca-se o exercício dos seguintes cargos: presidente da Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário (CPCI); presidente da Associação dos Industriais da Construção e Obras Públicas (AICCOPN), vice-presidente da Federação Portuguesa da Indústria da Construção Civil e Obras Públicas (FEPICOP), vice-presidente da Confederação da Construção e do Imobiliário de Língua Oficial Portuguesa (CIMLOP), entre outros.

filipe pombo/affp

Patrícia Viana

Advogada, é sócia da Abreu Advogados, uma das principais sociedades de advogados em Portugal, com atividade nacional e internacional, onde é corresponsável pela área de prática de Imobiliário. Licenciou-se em direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa, completou a pós-graduação em Prática Forense e Assessoria Jurídica de Empresas, da Faculdade de Direito da Universidade Católica de Lisboa e realizou o LL.M. em International Business Law, na mesma universidade. Mais recentemente concluiu o Curso de Especialização em Gestão no Imobiliário, no Instituto Superior de Economia e Gestão.

Paulo Caiado

Lidera a Presidência da Direção Nacional da APEMIP – Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal que acumula uma intensa atividade profissional.

Lisboeta, começou a sua carreira cedo, na Função Pública. Foi sócio de uma Editora Francesa e mais tarde foi Diretor Geral Ibérico de um grupo do setor editorial. No ano 2000 integrou o grupo de empresários pioneiros que acompanharam o início da rede Remax Portugal. Presentemente é acionista da SIIMGROUP, grupo de empresas que atuam no mercado imobiliário, com cerca de 300 colaboradores e cinco agências em Portugal sendo Master Franchising Remax Minas Gerais, no Brasil.

Tem a coordenação da formação e desenvolvimento dos consultores e uma especial apetência por esta área que lhe é tão próxima, acreditando na cooperação entre os homens como fator essencial para o desenvolvimento.

joaquim morgado

Hugo Santos Ferreira

É o atual Presidente da APPII – Associação Portuguesa de Promotores e Investidores Imobiliários. É licenciado e mestre em direito pela Universidade Católica Portuguesa e até 2014 foi advogado de Direito Imobiliário na sociedade de advogados ibérica Cuatrecasas. É também atualmente director da CPCI – Confederação Portuguesa da Construção e do Imobiliário, Conselheiro dos Conselhos Municipais da Habitação das Câmaras Municipais de Lisboa e Setúbal e membro Permanente dos Conselhos Consultivos do Salão Imobiliário de Portugal e do Smart Cities Summit. Exerce ainda o cargo de Director Operacional do Living LAB APPII SI: Saúde & Imobiliário, powered by VICTORIA SEGUROS @ NOVA Medical Schcool.

Em 2019, passou a assumir a função de Co-curator para os temas da Habitação e Infraestruturas da plataforma Global Shaper Lisbon Hub, do World Economic Forum. Nesse mesmo ano foi-lhe atribuído o Prémio “Personalidade Imobiliária do Ano”.

Para além da associação a que preside, Hugo Santos Ferreira é autor de artigos e colunas de opinião em meios de comunicação social e orador de conferências do sector imobiliário, tanto nacionais, como internacionais.

Célia Gomes

Licenciada pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, é investigadora e doutoranda na Faculdade de Arquitectura da Universidade de Lisboa e professora na ESAD.CR, Escola Superior de Arte e Design das Caldas da Rainha, desde 2009 nas áreas de projeto e desenho.

Fundadora, autora e coordenadora do a.s* - atelier de santos, arquitectura, desde 1997 até 2015 e atualmente com atelier próprio, o seu trabalho desenvolve-se na área da criação, elaboração e desenvolvimento de projetos de arquitetura. A sua obra tem sido reconhecida a nível nacional e internacional, através de exposições, publicações e prémios.

Foi vencedora do Prémio AICA Arquitectura 2016.

O seu trabalho tem sido alvo de conferências, publicações e exposições, nacionais e internacionais, destacando-se a participação na IX Bienal de Arquitetura de Veneza, na IV Bienal Ibero-Americana de Arquitectura, em Lima (Peru) ou na Exposição Tracing Portugal, na AA Arquitectural Association, em Londres, e Art and Planning at Cornell University - em New York, Portugal Now.

Paulo Tormenta Pinto

É Professor Catedrático do ISCTE - IUL e Diretor do Departamento de Arquitetura e Urbanismo desta instituição de ensino superior.

É autor de vários projetos, tendo o seu trabalho sido distinguido com o Prémio INH 2002, Prémio IHRU 2012 e o Prémio Nuno Teotónio Pereira 2016 (menção honrosa).

Eric Van Leuven

É o atual presidente da ACAI – Associação de Empresas de Consultoria e Avaliação imobiliária e executive partner e responsável pela Cushman&Wakefield (C&W) em Portugal, onde lidera uma vasta equipa de profissionais nas áreas de consultoria e mediação imobiliária.

De nacionalidade holandesa, vive e trabalha em Portugal desde 1982. Em 1987 fundou a George Knight Estate Agents em Lisboa. Em 1991 a Cushman&Wakefield (na altura Healey&Baker) adquiriu a componente de imobiliário comercial à George Knight e é desde então diretor geral da C&W Portugal. Um ano depois, em 1992, foi-lhe conferido o estatuto Equity Partner (sócio de capital).

Enquanto membro do conselho de administração europeu da C&W, entre 2007 e 2012, presidiu ao conselho de administração dos escritórios da C&W na Polónia, Hungria, República Checa, Eslováquia, Roménia e Grécia. Integra atualmente o conselho executivo europeu da empresa.

Em 2000 foi eleito Fellow do RICS (Royal Institution of Chartered Surveyors) como “profisisonal de excelência”, em reconhecimento do seu trabalho no desenvolvimento do mercado do imobiliário comercial em Portugal. É ainda vice presidente da Câmara de Comércio Portugal Holanda.

João Paulo Luz

É formado em gestão pelo Instituto Superior de Economia e Gestão, com uma pós graduação na Universidade Católica. Iniciou a sua atividade profissional no Santander Totta. Esteve seis anos na Central de Cervejas divididos entre o Marketing e a Direção de Vendas. Foi Diretor Comercial do Sapo entre 2001 e 2015, ano em que assumiu a responsabilidade dos negócios digitais do Grupo Impresa, cargo que atualmente ainda ocupa.

Fernando de Almeida Santos

É o bastonário da Ordem dos Engenheiros para o triénio 2022-2025, eleito em fevereiro deste ano.

Foi até 2021 vice-presidente nacional da Ordem dos Engenheiros, tendo concluído a licenciatura em Engenharia Civil pela Universidade do Minho. Fundou em 1997 a empresa Tabique onde foi administrador e sempre sócio maioritário, a qual emprega atualmente cerca de 80 pessoas, na sua maioria engenheiros. A Tabique presta serviços de engenharia em mais de uma dezena de países e em vários sectores de atividade.

O bastonário tem como prioridades do seu mandato a modernização e rejuvenescimento da Ordem, criação de novos colégios de especialidade de Engenharia, o acompanhamento da revisão da Lei das Associações Públicas Profissionais e o apoio ao Governo na execução do PRR.