Política

Marcelo abre a porta a mais saídas do Governo: "Veremos se é o suficiente"

28 dezembro 2022 20:03

Marcelo no Cabo da Roca ladeado pelo presidente da Câmara Municipal de Sintra, Basílio Horta, o secretário de Estado da Defesa Nacional, Marco Capitão Ferreira e pelo Chefe do Estado Maior da Armada (CEMA), Gouveia e Melo

antónio pedro santos

Presidente da República pressiona Governo a avaliar se a saída de Alexandra Reis é suficiente para estancar rombo na imagem do Executivo. “Se for necessário ir mudando, muda-se”, afirmou. Belém aguarda esclarecimentos de Pedro Nuno Santos e Fernando Medina. Pressão aumenta sobre ministro das Infraestruturas

28 dezembro 2022 20:03

Para o Presidente da República, o Governo deve avaliar se a demissão da secretária de Estado do Tesouro na sequência do caso TAP é suficiente para estancar a nódoa que alastrou sobre a credibilidade do Governo. Ao que o Expresso apurou, Marcelo Rebelo de Sousa não exclui que após se ouvirem os dois ministros diretamente envolvidos neste caso, Pedro Nuno Santos e Fernando Medina, outros governantes possam ficar seriamente em causa, comprometendo o que Belém classifica de “credibilidade do todo”. Entre socialistas, reconhece-se que há respostas que sobretudo Pedro Nuno Santos ainda tem de dar e que o seu futuro no Governo vai depender dessas respostas.