Política

Ricardo Valente: "Juntos, Porto, Gaia e Matosinhos ganham escala internacional unidos pela marca Greater Porto

4 outubro 2022 10:55

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

rui duarte silva

Os três municípios da Frente Atlântica do Porto lançam, esta terça-feira, na Expo Real, em Munique, a marca Greater Porto. Em entrevista ao Expresso, o vereador com a pasta da Economia, Emprego e Empreendedorismo da Câmara do Porto diz que o território de quase 1 milhão de pessoas ganha sinergias na captação de investimento estrangeiro, sobretudo nas áreas da regeneração urbana e projetos de renda acessível

4 outubro 2022 10:55

Isabel Paulo

Isabel Paulo

Jornalista

O que é o projeto Greater Porto?
É a forma como três cidades pretendem 'vender' um determinado território a nível internacional. O que se fez foi avançar com a cooperação interna da Frente Atlântica, uma aliança informal interna das cidades do Porto, Vila Nova de Gaia e Matosinhos, numa lógica de captação de investimento que potencie a atratividade destes municípios. Ninguém no mundo identificaria a designação Frente Atlântica, mas toda a gente identifica o que é o Porto, daí a denominação Greater Porto, a marca com a qual vamos pela primeira vez em conjunto a uma feira de investimento, a Expo Real, que decorre desta terça-feira até dia 6, em Munique.

O que levou a Greater Porto a restringir esta estratégia apenas a três municípios e não à Área Metropolitana do Porto?
Não é restringir, mas sim o reflexo de uma lógica de vontade política. O Porto desde há uns anos está presente nas feiras internacionais, quer na Expo Real, como na MIPIM. Desde o ano passado, Gaia encetou o mesmo caminho, e lá fora somos questionados por que é que Portugal não vai representado por um conjunto de cidade, como acontece com a Holanda, Suíça ou Copenhaga. Daí termos lançado este desafio a quem já estava neste barco e já manifestara vontade de ter estratégia operativa conjunta de captação de investimento a nível internacional.