Política

Marta Temido apresenta demissão, António Costa já aceitou

30 agosto 2022 1:48

Paula Santos

Paula Santos

Diretora-adjunta

Marta Temido, ministra da Saúde

miguel a. lopes

A notícia foi confirmada num comunicado do Ministério da Saúde enviado durante esta madrugada. O primeiro-ministro diz que respeita a decisão e aceita o pedido

30 agosto 2022 1:48

Paula Santos

Paula Santos

Diretora-adjunta

A ministra da Saúde apresentou a demissão por considerar “que deixou de ter condições para se manter no cargo”. A notícia foi avançada em comunicado, enviado pelo Ministério da Saúde esta madrugada às redações.

A demissão foi aceite pelo primeiro-ministro que, numa nota oficial a que o Expresso teve acesso, “agradece o trabalho desenvolvido” pela ministra demissionária, em especial no período de combate à pandemia de Covid-19 e revela que o Presidente da República já foi informado da demissão.

Num comunicado de apenas três parágrafos, António Costa termina dizendo que o Governo prosseguirá as reformas em curso, tendo em vista fortalecer o SNS e a melhoria dos cuidados de saúde prestados aos portugueses.

A notícia da demissão surge num momento em que não faltam críticas ao funcionamento do sector da Saúde, em particular nas urgências hospitalares e dois meses depois do primeiro-ministro ter admitido num debate parlamentar a existência de falhas “inaceitáveis” no SNS.

Marta Temido ocupava o cargo de ministra da Saúde desde 2018.