Política

Portugal e Brasil com o coração nas mãos

28 agosto 2022 15:10

O comandante da Polícia Municipal do Porto acompanha o coração até ao regresso à Invicta

mateus bonomi/getty images

Independência. Autarcas de Lisboa e do Porto declinam convite para o bicentenário. Comitiva de Marcelo reduzida

28 agosto 2022 15:10

Carlos Moedas, presidente da Câmara de Lisboa, declinou o convite feito pelas autoridades brasileiras para estar presente nas cerimónias solenes que, no próximo dia 7, assinalam o bicentenário da independência do país. Rui Moreira, autarca do Porto, esteve, esta semana em Brasília para a entrega formal e com honras de Estado do coração do rei D. Pedro IV (primeiro rei e imperador do Brasil) que irá participar como figura de proa das celebrações. Mas aproveitou a oportunidade para, tal como Moedas, avisar as autoridades brasileiras de que não iria comparecer às restantes comemorações. “Não faria sentido voltar e acho a minha presença dispensável, tanto mais que Portugal vai estar muito bem representado”, disse o presidente da Câmara do Porto ao Expresso.

O Presidente da República foi o primeiro alto-dignitário português a confirmar a sua presença e acredita que não será arrastado para um eventual uso eleitoral das cerimónias por parte de Bolsonaro, mas a comitiva que acompanha Marcelo Rebelo de Sousa está a ser cada vez mais reduzida. Agora, sofreu duas baixas de peso.