Política

PS. Condenado pelo TC, ex-autarca Luís Correia recandidata-se como independente em Castelo Branco

22 abril 2021 6:05

Luís Correia, em frente à Câmara Municipal de Castelo Branco

nuno botelho

O ex-presidente da Câmara de Castelo Branco Luís Correia vai recandidatar-se às próximas eleições autárquicas, não nas listas do PS, mas como independente, para dar continuidade à estratégia de afirmação do concelho, tarefa que iniciou em 2013. Partido recusou dar-lhe apoio por ter sido condenado a perda de mandato pelo TC, após ter assinado dois contratos com uma empresa detida pelo seu pai

22 abril 2021 6:05

O ex-presidente da Câmara de Castelo Branco Luís Correia vai recandidatar-se às próximas eleições autárquicas, não nas listas do PS, mas como independente, para dar continuidade à estratégia de afirmação do concelho, tarefa que iniciou em 2013.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o ex-autarca socialista afirma que é candidato à Câmara Municipal de Castelo Branco nas eleições autárquicas de 2021. "Apresento-me como candidato independente. Não é uma candidatura contra alguém. É uma candidatura de albicastrenses, pelos albicastrenses, ao lado dos albicastrenses. Por isso, encabeçarei uma lista aberta, que conta com todos", refere Luís Correia.

O ex-autarca foi candidato pelo Partido Socialista (PS), em 2013 e 2017, tendo vencido as duas eleições autárquicas, conquistando, em ambos os casos, cinco mandatos, contra dois vereadores do PSD.

Segundo a legislação em vigor, caso vença as eleições autárquicas, Luís Correia apenas pode cumprir mais este mandato de quatro anos.

A 21 de julho de 2020, o Tribunal Constitucional, dando sequência a recursos do autarca após decisões do Tribunal Administrativo e Fiscal de Castelo Branco e do Supremo Tribunal Administrativo, confirmou a perda de mandato de Luís Correia, após este ter assinado, na qualidade de presidente da Câmara, dois contratos com uma empresa detida pelo seu pai.

Depois, já em 04 de fevereiro de 2021, o Tribunal de Castelo Branco absolveu Luís Correia, que estava acusado de prevaricação em coautoria com dois empresários, um deles o seu pai.

Em 30 de março, a Comissão Política Concelhia do PS de Castelo Branco anunciou o nome do professor e atual presidente da Junta de Freguesia local, Leopoldo Rodrigues, como candidato socialista à Câmara Municipal.

Luís Correia sublinha que encara este novo desafio com uma "vontade reforçada", ao constatar que tem recebido diariamente "o incentivo e o apoio mobilizadores da comunidade e dos mais variados quadrantes políticos".

"Sei que continuarei a ser alvo de ataques e tentativas de condicionamento, como até agora, mas este não podia ser o motivo para virar as costas a Castelo Branco. Os albicastrenses conhecem-me. Sabem o que me move: a nossa terra, as nossas gentes. Conheço bem Castelo Branco, as suas necessidades, ambições, prioridades e oportunidades", sustenta.

Nas eleições de 2017, o PS, liderado por Luís Correia, conquistou cinco mandatos, enquanto o PSD elegeu dois vereadores. As eleições autárquicas de 2021 ainda não têm data marcada, mas deverão realizar-se no final de setembro.