Opinião

Pela boca morre Marcelo

9 dezembro 2022 0:58

Marcelo construiu-se falando muito sobre tudo. Quando comete um erro, corrige enterrando-o em mais palavras. Os tempos estão perigosos, a deceção com o Governo será grande e a direita descamba para as suas margens. Precisamos do Presidente que tem sido porto seguro para alguns valores

9 dezembro 2022 0:58

Marcelo acredita que os telefonemas para programas da manhã, a omnipresença no espaço público e as selfies são uma arma política. Que só se vence o populismo sendo popular. Sou sensível ao argumento. Mesmo os que acham que o poder precisa de mistério percebem que os tempos mudaram. As redes sociais, o contacto não mediado entre o político e o cidadão, a ilusão de proximidade, são tudo instrumentos usados pelos inimigos da democracia, que não podem ficar lá sozinhos.