Loading...

Vídeo

"O meu moral está cada vez mais alto". Reviravolta ucraniana obriga Rússia a responder, mas a que custo? Um mês de contraofensiva em vídeo

Zelensky diz que o país já recuperou 6000 quilómetros quadrados. A leste, as forças ucranianas tomaram importantes centros logísticos, como Izium e Lyman, e prosseguem agora para a cidade de Kreminna. A norte de Kherson, soldados ucranianos são recebidos por civis em lágrimas que os abraçam e lhes dão comida. Um mês depois do início da contraofensiva, a Rússia sente-se obrigada a subir a parada: anexou Luhansk, Donetsk, Kherson e Zaporíjia através de referendos que ninguém reconhece e anunciou uma mobilização parcial que empurra para fora do país milhares de famílias, deixando a Europa num dilema: abrir-lhes as portas ou não? Veja o vídeo

+ Vistas