Internacional

Autoridades romenas confiscam carros de luxo de Andrew Tate

14 janeiro 2023 20:33

Andrew Tate e Tristan Tate

daniel mihailescu

Imóveis foram ainda retirados ao influenciador digital e antigo lutador de kickbox. As autoridades romenas continuam as investigações. Sobre Andrew Tate recaem suspeitas de tráfico humano, violação e associação criminosa para a prática de exploração sexual

14 janeiro 2023 20:33

Um Rolls-Royce, um BMW e um Mercedes-Benz e 12 outros carros de luxo foram confiscados pelas autoridades romenas da casa de Andrew Tate em Bucareste, de acordo com o jornal “The Guardian”. Os procuradores romenos revelaram que, durante as investigações, pelo menos dez imóveis do antigo lutador de kickbox e influenciador digital foram ainda arrestados.

A Diicot, agência romena que investiga o crime organizado, já tinha referido que os bens do influenciador digital, conhecido pelos comentários misóginos, estavam a ser confiscados, para que não fossem escondidos. Os bens serão destinados ao pagamento da investigação e reparação de danos às vítimas, caso os suspeitos sejam condenados.

No final de dezembro passado, depois de uma publicação no twiterr ter revelado a sua localização, Andrew Tate foi detido, tal como o irmão, Tristan, e duas mulheres romenas, por suspeitas de tráfico humano, violação e associação criminosa para a prática de exploração sexual. Na altura, foi determinada a prisão preventiva, durante 30 dias, para os quatro suspeitos.

Andrew Tate é um antigo atleta britânico-americano de 36 anos e sagrou-se tricampeão mundial de kickboxe. Em 2016, foi expulso do reality show “Big Brother” depois de agredir uma concorrente. Mais tarde, ganhou popularidade - e milhões de seguidores - devido ao discurso de ódio que emitia. "Absolutamente sexista" e “profundamente misógino”, como se descreve, Andrew Tate chegou a ser banido das redes sociais Facebook, Instagram, YouTube and TikTok por considerar, por exemplo, que as vítimas de crimes sexuais partilham responsabilidade com os agressores e que as mulheres “pertencem” aos homens.

Segundo o jornal “The Guardian”, a agência Diicot encontrou armas, facas e dinheiro no local onde Andrew Tate foi detido. As autoridades acreditam que Andrew e Tristan, os dois irmãos, seduziram as suas vítimas, fingindo querer manter com elas um relacionamento romântico. Depois, as mulheres foram levadas para casas nos arredores de Bucareste e forçadas a produzir pornografia para algins sites. Até ao momento, foram identificadas seis possíveis vítimas.