Internacional

Andrew Tate detido por suspeita de violação e tráfico humano

29 dezembro 2022 23:51

d.r. (imagem retirada das redes sociais)

Não é a primeira vez que ex-atleta, que se transformou num fenómeno da internet devido a opiniões misóginas e sexistas, tem problemas com a justiça na Roménia

29 dezembro 2022 23:51

Andrew Tate foi detido esta quinta-feira na Roménia por suspeita de violação e tráfico humano.

Segundo os meios de comunicação romenos, o ex-kickboxer que se tornou numa polémica celebridade da internet foi detido juntamente com o irmão, Tristan Tate, e dois cidadãos romenos. As residências de ambos em Bucareste e Ilfov foram alvo de buscas domiciliárias.

Os quatro detidos são suspeitos de pertencerem a “uma organização criminosa” envolvida em tráfico de seres humanos. De acordo com as autoridades, o grupo recrutava, alojava e explorava mulheres, que obrigava a participarem em conteúdos pornográficos destinados à distribuição na internet.

Os irmãos Tate estão ainda a ser investigados por terem alegadamente participado nesta rede, agindo segundo um método conhecido como “lover boy”. Andrew e Tristan são suspeitos de seduzirem as vítimas, atraindo-as para prédios na região de Ilfov, onde estas mulheres eram sujeitas a violência física e psicológica e forçadas a participar nos conteúdos pornográficos.

Até ao momento já foram identificadas seis vítimas de exploração sexual por parte do grupo. Segundo o jornal Gândul, a embaixada dos EUA terá recebido o alerta de que uma cidadã norte-americana estava a ser mantida na casa do ex-kickboxer contra a sua vontade.

A estas acusações soma-se uma outra de violação que remonta a março de 2022. A vítima acusa um dos irmãos Tate de ter usado violência física para a violar.

As novas suspeitas surgem depois de os irmãos terem sido acusados de rapto de mulheres em abril, também na Roménia.

Andrew Tate é um ex-atleta britânico-americano de 36 anos que chegou a sagrar-se tricampeão mundial de kickboxe. Em 2016, participou no Big Brother, sendo expulso do reality show por agredir uma concorrente.

Nos últimos anos, ganhou notoriedade nas redes sociais onde se tornou um fenómeno de popularidade devido às suas opiniões problemáticas. O próprio autodescreve-se como "absolutamente sexista" e “profundamente misógino”, tendo inclusivamente afirmado publicamente que o lugar da mulher é em casa e defendido que as vítimas de crimes sexuais partilham responsabilidades com os agressores.

Os comentários e polémicas fizeram-no ser banido das principais redes sociais (Facebook, Instagram, YouTube and TikTok). As suas contas no Twitter foram várias vezes suspensa e a mais recente tinha sido permanentemente encerrada, mas foi reativada no mês passado (quando a plataforma sob a alçada de Elon Musk readmitiu várias contas que estavam banidas por desrespeitarem os seus termos e condições).

Ainda esta quarta-feira, a sua atividade nesta rede social foi notícia depois de o ex-atleta ter dirigido um comentário a Greta Thunberg. Olá Greta Thunberg. Tenho 33 carros”, escrever na publicação em que lista alguns dos modelos e acompanha com uma fotografia de um Bugati. Por favor dá-me o teu endereço de e-mail para que possa enviar-te uma lista completa da minha coleção de carros e as suas respetivas enormes emissões."

A ativista de 19 anos respondeu-lhe à letra, num tweet que fez notícia por todo o mundo. “Sim, por favor elucide-me. Envie-me um e-mail para energiadepénispequeno@arranjaumavida.com”, escreveu de volta.