Internacional

“A situação é grave, mas não é séria.” Retrato de uma Itália que vai a votos daqui a cinco dias

20 setembro 2022 16:57

Comício em Génova com Giorgia Meloni, dos Irmãos de Itália (extrema-direita), favorita a vencer as legislativas de 25 de setembro

luca zennaro/epa/lusa

Direita parte em vantagem, com os extremistas a encabeçar as sondagens, mas estas falharam muito nos últimos anos. Formação de Governo promete ser um quebra-cabeças

20 setembro 2022 16:57

“A situação política é grave, mas não é séria”, escreveu em 1947 Ennio Flaiano, um dos génios literários que melhor interpretaram os italianos. A quatro dias das legislativas antecipadas de 25 de setembro, parece voltar a ser assim. Pela primeira vez, a campanha eleitoral teve de ir para os locais onde estavam os turistas eleitores: praias, aldeias dos Alpes e dos Apeninos ou centenas de festivais que se realizam no verão.