Exclusivo

Economia

Economia mundial vai crescer menos de 3% em 2023, mas o FMI está mais otimista

Kristalina Georgieva, diretora-geral do FMI
Kristalina Georgieva, diretora-geral do FMI
Getty images

O crescimento da economia mundial vai desacelerar de 3,4% em 2022 para 2,9% em 2023, segundo as previsões do Fundo Monetário Internacional divulgadas esta terça-feira em Singapura. Mas está mais otimista do que em outubro passado, quando previa 2,7%

A economia mundial vai crescer mais este ano do que se esperava há três meses. O Fundo Monetário Internacional (FMI) reviu em alta a previsão de crescimento, subindo-a em duas décimas, apontando, agora, para 2,9%, segundo o relatório divulgado esta terça-feira em Singapura. O maior otimismo sobre 2023 não é novidade, pois Kristalina Georgieva, a diretora-geral do FMI, já havia antecipado a melhoria das previsões no Fórum Económico Mundial em Davos. O FMI decidiu, este ano, mudar o anúncio destas previsões intercalares da sede em Washington para a cidade-estado asiática.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: clubeexpresso@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas