Exclusivo

Economia

TAP, um passaporte para a liderança do PS e do país que atirou Pedro Nuno ao tapete

Pedro Nuno Santos
Pedro Nuno Santos
MIGUEL A. LOPES

Pedro Nuno Santos fez da TAP o seu cavalo-de-batalha, a sua medalha ao peito, como demonstração da sua capacidade de decidir e executar. E foi um grande impulsionador da nacionalização, hoje 100% nas mãos do Estado

A TAP deu-lhe poder e notoriedade, Pedro Nuno Santos gostava de se apresentar como o homem que salvou a companhia da falência, e a tirou das mãos dos privados, que a estavam a engordar para a vender a seguir. Mas deu-lhe também muitos dissabores, tornando-se um dossiê difícil de gerir, envolto em permanentes polémicas. Aliás, foi o dossiê que o fez abandonar o Governo que integrava desde 2015.

Artigo Exclusivo para assinantes

Assine já por apenas 1,63€ por semana.

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para continuar a ler

Tem dúvidas, sugestões ou críticas? Envie-me um e-mail: ACampos@expresso.impresa.pt

Comentários

Assine e junte-se ao novo fórum de comentários

Conheça a opinião de outros assinantes do Expresso e as respostas dos nossos jornalistas. Exclusivo para assinantes

Já é Assinante?
Comprou o Expresso?Insira o código presente na Revista E para se juntar ao debate
+ Vistas