Economia

Inflação pode atingir 10%, mas desce até final do ano

7 agosto 2022 16:19

Pico da inflação em Portugal ainda não terá sido atingido, mas preços em queda nos mercados internacionais sinalizam já recuo

7 agosto 2022 16:19

A escalada dos preços subiu mais um degrau em julho e as grandes interrogações são até onde pode chegar a inflação e quando vai começar a descer. Apesar da incerteza, os economistas arriscam algumas respostas. Acreditam que o pico em Portugal pode ainda não ter sido atingido, apontando para a fasquia dos 10%. Mas lembram que os preços nos mercados internacionais estão em queda, sinalizando que a inflação deve começar a descer “em breve”.

Em julho, a variação homóloga do Índice de Preços no Consumidor (IPC) em Portugal atingiu 9,1%, o que compara com 8,7% de junho e é o valor mais alto desde novembro de 1992. Na zona euro, a variação homóloga do Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) — a referência na Europa — chegou aos 8,9% (8,6% de junho), a mais elevada desde a criação da moeda única, e muito acima da referência dos 2% do Banco Central Europeu (BCE), que tem como mandato a estabilidade dos preços. Valores que explicam a decisão do BCE em julho, de subir em meio ponto percentual os juros de referência, o primeiro aumento em mais de uma década e o mais expressivo dos últimos 22 anos.