Economia

Greve no Santander e no BCP é "enorme êxito", dizem sindicatos

1 outubro 2021 13:49

joão cipriano

Esta é uma avaliação da greve diametralmente oposta à do Banco Santander, que garante que 99% da rede estava a funcionar na manhã desta sexta-feira

1 outubro 2021 13:49

"Um enorme êxito". É assim que os sindicatos do setor da banca descrevem, em comunicado, a jornada de greve desta sexta-feira no Banco Santander e no Banco Comercial Português (BCP), esperando que as administrações de ambos "retirem as devidas ilações" -- pois se "assim não for, os bancários e os seus sindicatos tomarão novas medidas".

Esta é uma avaliação da greve diametralmente oposta à do Banco Santander, que garante que 99% da rede estava a funcionar na manhã desta sexta-feira. O BCP não comenta a greve em curso.

Em comunicado, os sindicatos "saúdam todos os trabalhadores do Banco Santander e do BCP que aderiram a esta greve, bem como todos os participantes nas concentrações realizadas em Lisboa e no Porto, especialmente os que se deslocaram de vários pontos do país para marcar presença neste momento tão importante".

"A adesão à greve demonstra objetivamente a justiça das reivindicações dos bancários e que os trabalhadores do Banco Santander e BCP se identificam com os motivos que conduziram à convocação da greve pelos sindicatos", defendem.

A greve visa o fim dos processos de despedimento colectivo a ocorrer no Santander e no BCP e "o fim do clima de instabilidade, insegurança e pressão, visando que os trabalhadores aceitem condições de revogação do contrato de trabalho que não desejam", naquilo que descrevem como sendo "o clima de medo que se vive atualmente na banca".

A greve foi convocada pelos sindicatos SIB, SBC, SinTAF, SNQTB, Mais Sindicato e SBN.