Boa Cama Boa Mesa

Região Património da Humanidade, conheça os melhores restaurantes do Vale do Côa

28 dezembro 2022 12:01

Petiscaria Preguiça

dr

Região única, entre duas paisagens classificadas Património Mundial pela UNESCO: a Arte Pré-Histórica do Vale do Côa e o Douro Vinhateiro, existe muito para descobrir neste território extraordinário, que integra os concelhos de Almeida, Figueira de Castelo Rodrigo, Mêda, Pinhel, Sabugal Penamacor, Trancoso e Vila Nova de Foz Côa.

28 dezembro 2022 12:01

Reconhecido internacionalmente pelas gravuras rupestres, o Vale do Côa oferece natureza deslumbrante, património edificado e tradições seculares, mas também os vinhos do Douro Superior e gastronomia de sabores antigos. Observe a paisagem a partir dos novos Passadiços e visite o Museu e Parque Arqueológico do Côa. A partir do guia Boa Cama Boa Mesa 2022 conheça os melhores restaurantes dos territórios do Vale do Côa.

O Caçador (Almeida)
No coração da Aldeia Histórica de Almeida é muito procurado devido a especialidades como “Polvo à Lagareiro”, “Borrego na brasa” e “Naco de vitela”. Tem múltiplos pratos que confeciona por encomenda, como “Arroz de cabidela” e de “marisco”, “Bacalhau à caçador” e “Cabrito assado”. Atrai muitos clientes vindos de Espanha para provar o “Bacalhau gratinado”. Casa tradicional e familiar, privilegia os vinhos, os queijos e o doce de abóbora da região. Para o final sugerem-se “Arroz-doce”, “Tigelada” ou as populares “Natas do Céu”. Preço médio: €20
Largo do Olmo, Malpartida. Tel. 271574344

Taverna da Matilde (Figueira de Castelo Rodrigo)
Vencedor da melhor sobremesa no concurso Beira Interior Gourmet, com a “Tarte de gravanços com gelado de amêndoa”, este restaurante é também uma casa de petiscos que serve “Chouriço de ossos”, “Brás de farinheira” e “Tábuas de enchidos”. Como pratos mais substanciais encontra os originais “Lombinhos de porco Bísaro com crosta de amêndoa” e “Filetes de robalo com molho de laranja”. A vertente de restaurante só serve jantares. Preço médio: €25
Avenida Sá Carneiro, 12, Figueira de Castelo Rodrigo. Tel. 271313207

Entre Portas

Entre Portas

dr

Entre Portas (Pinhel)
O restaurante foi remodelado, alargando a capacidade de acomodação para os dois pisos do edifício, sofisticado e moderno. Outras novidades são a entrada de “Cogumelos silvestres com papada ibérica” e o “Ossobuco de jarmelista certificada com puré de castanhas e legumes” nos pratos principais. O “Molotof com crumble de amêndoa e frutos secos” é outra estreia. Há nova chefia na cozinha, Luís Gonçalves. Com mais de 100 referências, a carta de vinhos incide nas propostas Beira IGP. Preço médio: €25.
Largo Ministro Duarte Pacheco, 13, Pinhel. Tel. 962026467

Casa da Esquila (Sabugal)
Foi em 2011 que Rui Cerveira iniciou este projeto. Criado entre Lisboa e Casteleiro, o chef tem fortes raízes familiares na aldeia e foi essa ligação, bem como as memórias que o levaram ao conceito “Gourmet rural”, desenvolvido no restaurante Casa da Esquila. Ser “Gourmet rural” é ter na cozinha os primeiros produtos sazonais da região. “As primeiras laranjas, as primeiras ervilhas, as norças para confecionar os “Talos da avó”, tudo aquilo que a terra dá de melhor, os produtos mais frescos e biológicos”. Dispõe de 10.000 m2 de terreno, onde existem sobretudo oliveiras a partir das quais produz o azeite que utiliza, tem uma estufa com ervas aromáticas, limoeiros, figueiras e cerejeiras. Colhe e leva diretamente para a mesa. Aprendeu com a avó, recoletora por excelência. É um estudioso da natureza que tem a decorrer um trabalho de recolha de saberes de antigamente com investigadoras de Lisboa e Castelo Branco. Ficou-lhe no DNA. Entre amoras silvestres e meruges, apurou a arte de conhecer bem os ingredientes da estação, que aplica em menus de degustação sazonais, buffets e carta fixa. Preço médio: €30.
Rua da Estrada, 74, Casteleiro. Tel. 271381070

D. Sancho (Sabugal)
Situado junto a uma das entradas da muralha da Aldeia Histórica de Sortelha, é um restaurante acolhedor, com lareira, madeiras escuras e à meia luz. Projeto familiar, oferece receituário regional com especial incidência na caça, quando é época, e nos bacalhaus, como o “Bacalhau à D. Sancho”, mas também nos pratos de carne, como as “Costeletas de borrego” e o “Naco de novilho com castanhas e arroz”. Para sobremesa há “Pudim de caramelo” e “Leite-creme”. O nome remete para o rei que mandou edificar o castelo de Sortelha. Preço médio: €25
Largo do Corro, Sortelha. Tel. 271388267

Restaurante Zé Nabeiro (Sabugal)
As carnes da cabeça de vitela, cozinham durante três horas num caldeiro suspenso sobre as brasas. A água da cozedura serve para preparar a famosa “Canja de Cornos”. Criada há mais de 40 anos pelo patriarca da família, José Nabeiro, a especialidade, disponível às quartas-feiras e aos sábados, chama gente de várias paragens. A ementa semanal é fixa. “Dobrada com feijão” às segundas, “Carne guisada com batata” às terças, “Mão de vaca com grão” às quintas e “Cozido à casa” às sextas-feiras. Preço médio: €15
Rua das Hortas, 9, Soito. Tel. 271605116

Restaurante Robalo

Restaurante Robalo

Robalo (Sabugal)
As brasas são a base da confeção dos pratos da casa, como é caso do borrego e do cabrito, pincelados com azeite após passar pela grelha de João Robalo. O “Bacalhau assado em lenha de azinho” continua com o estatuto de “vedeta”, mas as sobremesas da doceira Ofélia Robalo, como o “Arroz-doce” e as “Papas de milho”, são também muito requisitadas. Referência ainda para “A Refeição de Galo Caseiro”, apenas confecionada para, no mínimo, quatro pessoas e por encomenda. Preço médio: €30
Largo do Cinema, 4, Sabugal. Tel. 271754189

O Retiro do Castiço

O Retiro do Castiço

Retiro do Castiço (Trancoso)
Uma taberna tradicional como já existem poucas, com decoração típica, entre abóboras e rodas de carroça, e ambiente acolhedor. Fica situada numa travessa numa das entradas de Trancoso, através da Corredoura. Os petiscos começam com enchidos e queijos da região, continuam nas carnes grelhadas a preceito, “Carapaus fritos”, “Pica-pau”, “Saladas de polvo e de orelha”, mas também especialidades como o “Arroz o de cabidela”, a “Desfeita de bacalhau” e a “Feijoada de carne à Castiço”. A lista de vinhos é rica em propostas nacionais. Preço médio: €20
Rua de São João, Trancoso. Tel. 919188129

Tasca do Castelo (Trancoso)
A localização é ultra privilegiada, a um passo do castelo de Trancoso. Convém ligar e perceber o que os proprietários estão a preparar. Cozinha tradicional, com produtos regionais, confecionada na hora, são os trunfos da casa, projeto familiar onde se costuma comer também, sobretudo encomendando petiscos especiais. O “Arroz de míscaros”, acompanhado de “Aba ou naco de vitela”, é já um ex-líbris da tasca, mas também os queijos, os torresmos em leque caseiros e as tábuas de enchidos. Preço médio: €15
Largo D. Afonso Henriques, Trancoso. Tel. 961427882

Peticaria Preguiça

Peticaria Preguiça

Petiscaria Preguiça (Vila Nova de Foz Côa)
A paisagem convida a refeições prolongadas. Fica localizada na região do Alto Douro Vinhateiro e tem vista sobre a ponte férrea e o Douro, com algumas amendoeiras em flor. A “Sopa de peixe” e o “Folhado de alheira com maça” são dois popularíssimos pratos de entrada. O “Peixe do rio frito” deu fama à casa e merece ser provado. A cereja no topo do bolo é o “Nougat”, fatia de gelado de mel bem recheado de amêndoa, amendoim e avelã. Termine a olhar o rio na esplanada. Preço médio: €15
Quinta Chão do Ribeiro, Mós do Douro. Tel. 279789432

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!