Boa Cama Boa Mesa

Com "ingredientes frescos e mais vibrantes do dia" cozinha verde chega ao wine bar da Herdade do Esporão

13 setembro 2022 10:04

Ementa do wine bar da Herdade do Esporão

Premiada com um Garfo de Prata e com uma Estrela Verde Michelin, a cozinha de Carlos Teixeira alarga-se do restaurante para o wine bar do conhecido produtor alentejano, em Reguengos de Monsaraz. Prometem-se “pratos de conforto sazonais, frescos e simples”, em ambiente descontraído.

13 setembro 2022 10:04

Em tempo de vindimas, o enoturismo da Herdade do Esporão, em Reguengos de Monsaraz, ampliou a oferta gastronómica do wine bar. Além de provas de vinho, azeite e cerveja artesanal, agora também se podem provar vários petiscos e pratos preparados pelo chef Carlos Teixeira, que tem como base “uma cozinha sustentável e de foco no produto”. Ou seja, a partir de agora, é possível provar diversos petiscos e alguns pratos preparados com os mesmos ingredientes do restaurante da Herdade do Esporão, que atualmente ostenta uma Estrela Michelin, reforçada com uma Estrela Verde, e ainda um Garfo de Prata, atribuído na edição 2022 do guia Boa Cama Boa Mesa.

Salada de beterraba

Salada de beterraba

Em ambiente descontraído, prometem-se “pratos de conforto sazonais, frescos e simples”. São os “ingredientes frescos e mais vibrantes do dia”, integrados no projeto de sustentabilidade de todo o projeto de produção (vinho, azeite e legumes), que determinam a ementa do wine bar, explica a Herdade do Esporão. Já para harmonizar existem os rótulos do Esporão e atmbém a cerveja artesanal produzida na herdade. Os “Peixinhos da nossa horta e maionese de pimentão” (€5), que tanto podem ser de feijão-verde, como de curgete, pimento ou couve-flor; e a “Salada de beterraba, queijo fresco de cabra e frutos secos” (€8) acompanhada por ameixas, pêssegos ou dióspiros dependendo da época são os dois dos petiscos vegetarianos servidos. Para começar prove o “Pão de fermentação lenta, azeite virgem extra Esporão” ou as “Azeitonas marinadas”.

Croquetes de borrego

Croquetes de borrego

Atreva-se no “Escabeche do campo” (€8), cujas possibilidades variam entre pato, frango ou coelho, ou nos “Croquetes de borrego e maionese de alho torrado” (€6), que chegam à mesa em dose de seis unidades. Em alternativa, siga pelas clássicas tábuas de queijos regionais, enchidos ou mistas. Para opções mais substanciais conte com “Borrego de pasto assado devagar com terrina de batata” (€24), que permite “a utilização de animais no seu todo” e com “Torricado de porco preto e salada da época” (€12). Como acompanhamentos, com preços entre €5 e €6, a ementa sugere “Salada de folhas da horta”, “Mil-folhas de batata” e “Salada de tomate da nossa horta”

Mil-folhas de batata

Mil-folhas de batata

“É um espaço novo onde podemos aproveitar os ingredientes frescos, e na sua totalidade, que chegam diariamente às nossas cozinhas. A sazonalidade, os ingredientes disponíveis no momento e a criatividade da equipa de cozinha estão na base do menu, que pode mudar todos os dias”, sublinha António Roquette, gestor de operações do Esporão. Ao domingo e à segunda-feira, a equipa de cozinha liderada por Carlos Teixeira anuncia “surpresas provenientes diretamente do menu do restaurante”, que nesses dias está encerrado. Já o wine bar da Herdade do Esporão (Tel. 266509280) funciona diariamente entre as 12h30 e as 15h30. Aproveite para agendar, antes ou depois da experiência gastronómica, uma das muitas atividades de enoturismo promovidas por este conhecido produtor, desde visitas a provas e, por estes dias, também com acesso às vindimas.

Wine bar da Herdade do Esporão

Wine bar da Herdade do Esporão

Sobre o Restaurante Herdade do Esporão, premiado com um Garfo de Prata, escreve o guia Boa Cama Boa Mesa 2022: “O produto local é valor acrescentado neste restaurante da Herdade do Esporão e recentemente distinguido fora de portas. Adicione-se o que a terra dá, de acordo com a demanda das estações do ano. As hortas, de verão e de inverno, contribuem para o dia a dia às mãos de quem prepara e cozinha cada alimento com o rigor e o respeito devidos. A região está igualmente representada na ementa, em prol dos produtores dos arredores. Tudo é aproveitado ao máximo – os legumes, até ao caule; a fruta, até ao caroço; o peixe, até às entranhas; a carne, até ao tutano. Fermentados, caldos, molhos e demais proveitos são fulcrais para a equipa liderada pelo chef Carlos Teixeira, em benefício de uma cozinha sustentável e da prática do desperdício zero. O pão, feito a partir de massa-mãe e levedura lenta, também. À mesa, a escolha divide-se entre a ementa e os dois menus de degustação. A harmonização vale-se – e muito – dos vinhos produzidos nesta propriedade vinhateira, comprada em 1972 por José Roquette. Brindemos aos 50 anos da Herdade do Esporão!”

Chef Carlos Teixeira

Chef Carlos Teixeira

esporão

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!