Boa Cama Boa Mesa

Roteiro: elogio à gastronomia do Minho em dez restaurantes

26 abril 2022 15:06

Sarrabulho

a carvalheira

Arroz pica no chão, Pernil no forno, Filetes de polvo com arroz de feijão, Sarrabulho, Rojões à moda de Barcelos e Pudim Abade de Priscos são alguns dos pretextos para fazer esta viagem por alguns dos melhores restaurantes do Minho

26 abril 2022 15:06

É uma das mais ricas, e diversificadas, regiões gastronómicas de Portugal. O Minho surpreende a cada prato, em cada estação, e na arte de bem receber, sempre com um sorriso e com doses generosas que fazem com que cada refeição seja única e um convite ao regresso. Pretextos não faltam para uma visita a estes dez espaços, entre muitos outros, que deve conhecer na região minhota.

A Carvalheira
Picam-se as “Favas com fumados”, as “Pataniscas de bacalhau”, o presunto de fino corte e os enchidos da terra. Sustenta-se com o “Pernil no forno”, o “Cabrito”, o “Bacalhau com broa”, o típico “Sarrabulho” e a lampreia e sável do rio Lima. Na doçaria, no restaurante A Carvalheira, servem o “Leite-creme” e o “Pudim Abade de Priscos”. Há cerca de 350 referências na garrafeira, incluindo uma seleção regional. O aquário de mariscos é meio caminho para ansiar pelas receitas de lavagante... Preço médio €25.
Rua do Eido Velho, 73, Fornelos. Tel. 258 742 316

Taberna da Benda

Taberna da Benda

Taberna da Benda
No ambiente contemporâneo desta taberna pode petiscar descontraidamente ou dedicar-se a assuntos mais sérios no que à cozinha minhota respeita. No primeiro caso, escolha as “Pataniscas”, uma das tábuas de enchidos ou queijos, baguetes e torricados. No segundo, o "Polvo à lagareiro" ou em filetes, ou a “Lula do mar gigante”. Nas carnes, aposte no “Bife à Taberna da Benda” ou no “Guloso”. Escolha a sala despojada da Taberna da Benda, em tons claros ou a luminosa varanda. Com o “Pudim de feijão tarrestre” e a “Merenda” termina em beleza. Preço médio €20.
Prozelo. Tel. 965 268 880

Adega Sabino

Adega Sabino

Adega Sabino
O “Cabrito do monte” é o prato de eleição: vai ao forno e serve com arroz, legumes e batata assada, em travessas de barro. Nesta antiga casa de pasto, decorada com vinhos e motivos regionais, serve-se ainda o “Bacalhau com broa” ou “à Sabino”, frito com cebolada e batata frita, e o “Pica no chão”. Sabores que, na Adega Sabino, alinham na perfeição com o verde Alvarinho ou um espumante dessa casta. Aprecie os queijos de ovelha, cabra e o presunto. Preço médio €25.
Largo de Hermenegildo Solheiro, 46, Melgaço. Tel. 251 404 576

Tasquinha da Portela

Tasquinha da Portela

Tasquinha da Portela
Nesta cozinha, cuja missão é fazer brilhar os produtos da terra, cabem a tradição e interpretações mais contemporâneas. Sugerem-se “Filetes de polvo com arroz de feijão”, “Naco à Tasquinha” e “Bacalhau da casa”. O vinho Alvarinho de Melgaço conta com excelente montra, é tratado com esmero e combina na perfeição com as especialidades, que os “Risotos de polvo” e “de bacalhau”. No fim, na Tasquinha da Portela, delicie-se com os “Folhadinhos de queijo de cabra e mel” e a “Broa de queijo e nozes”. Preço médio €20.
Rua Padre Albertino Pereira, 282, Portela, Paderne. Tel. 968 825 682

Pedra Furada

Pedra Furada

Pedra Furada
Só no final dos anos 60 se comprou uma rústica casinha de pedra na atual morada, que acabaria por se tornar num símbolo da cozinha tradicional e regional minhota, já com 75 anos. O galo e o “Arroz pica no chão”, no restaurante Pedra Furada, pedem encomenda e há ainda “Cozido à portuguesa”, “Cabrito assado”, “Rojões à moda de Barcelos”, “Pudim Abade de Priscos” e “Leite-creme”. Preço médio €20.
Rua de Santa Leocádia, 1415, Pedra Furada. Tel. 252 951 144

El Olivo

El Olivo

tomas pedro

Restaurante El Olivo
Está desde 2020 sob o comando do chef Elísio Bernardes e pretende ser “referência na gastronomia tradicional, com sabores ancestrais”, a que acrescenta, sem desvirtuar, um toque criativo e inovador. O espaço é amplo, moderno e permite observar a finalização dos pratos. Em destaque está o “Bacalhau à Braga”, o “Pica no chão” e a “Bochecha de vitela e arroz caldoso do mesmo”. As sobremesas do restaurante El Olivo são tradicionais: Pudim Abade de Priscos” e “Viúvas de Braga”, semelhantes aos pastéis de nata. Preço médio €25.
Avenida General Carrilho da Silva Pinto, 8, Braga. Tel. 253 144 007

Florêncio

Florêncio

Florêncio
Esta antiga tasca mantém marcas da história, como as pipas na entrada e o apelo aos sabores regionais celebrados com vinho verde. As duas salas renovadas convidam a refeições de conforto e a examinar a garrafeira, que garante variedade. Os “Filetes de polvo com arroz do mesmo” e o “Arroz de coelho de cabidela” são dois pratos obrigatórios no restaurante Florêncio, sem desprimor para as diversas sugestões de bacalhau (com broa, com castanhas ou frito). A par do serviço atencioso, pergunte pelo “Bucho recheado com carne”. No fim, conte com “Toucinho do céu”. Preço médio €20.
Madre-de-Deus, Azurém. Tel. 253 415 820

Hool Restaurante

Hool Restaurante

Hool Restaurante
A aposta na melhoria e evolução da qualidade vê-se desde 2021, com o apoio do conhecimento e experiência do chef Vítor Matos à talentosa Liliana Moura. Sugere-se que prove e conheça os menus de degustação Raízes e Terra Mãe. A inspiração na cozinha tradicional com o toque de autor do Hool Restaurante sobressai na “Vieira com Brás de espargos” e na “Cabeça de porco fumada”. Há ainda “Vitela” e “Cabrito assado”, opções tradicionais, casando com o interior acolhedor e a lareira. Preço médio €30.
Hotel da Oliveira, Largo da Oliveira, Guimarães. Tel. 253 514 157

Restaurante Pousadela

Restaurante Pousadela

Restaurante Pousadela
Após um cocktail no bar Talefe, sente-se na sala virada para a serra do Gerês atravessada pelo rio Cávado, e desfrute dos sabores regionais e algumas linhas contemporâneas. Da cozinha, liderada pelo chef Vítor, saem a “Sinfonia de cogumelos silvestres” e o “Carpaccio de polvo”. Considere o “Bacalhau à Chef”, gratinado com maionese e queijo, e o “Chateaubriand”, lombo de boi selado em cama de cogumelos, nos principais. O “Cabrito assado no forno” é escolha certa para os palatos mais tradicionais no Restaurante Pousadela. Preço médio €25.
Pousadela Village, Rua do Riso, 835, Vieira do Minho. Tel. 253 646 267

Torres

Torres

criativa estudio de comunicacao

Torres
Fundado nos anos 60 como casa de petiscos, o espaço evoluiu e cresceu, sem beliscar o legado de sabores tradicionais já transmitido a novas gerações. O “Bacalhau à Torres” é obrigatório na estreia e garante muitos repetentes. E há tesouros, no restaurante Torres como o “Pica no chão”, as “Papas de sarrabulho” (aos domingos, de outubro a março) e o típico “Cabrito assado”. Na época, serve-se lampreia. Para adoçar a experiência, delicie-se com o “Pudim Abade de Priscos”. Preço médio €20.
Lugar da Bouça, 280, Ponte de São Vicente. Tel. 253361619

Guia Boa Cama Boa Mesa 2022

Guia Boa Cama Boa Mesa 2022

Os restaurantes do Minho selecionados para este roteiro integram a edição de 2022 do guia Boa Cama Boa Mesa, nas bancas desde 8 de abril, e que pode ser adquirido AQUI ou encomendado através do Tel. 214698801 (dias úteis das 9h00 às 19h00 e sábados das 9h00 às 17h00). O guia Boa Cama Boa Mesa 2022, que conta com o apoio do BPI e do Recheio, custa €18,90.

Acompanhe o Boa Cama Boa Mesa no Facebook, no Instagram e no Twitter!