Blitz

Roger Waters escreve carta aberta a Putin: “Tenho filhos e netos e não quero ver o mundo a ir pelos ares”

27 setembro 2022 10:30

getty images

"Tenho lido comentários nas redes sociais onde me perguntam porque é que escrevi a Olena Zelenksa [mulher do Primeiro-ministro ucraniano] mas não a Putin. Excelente questão, aqui está", escreve Roger Waters, após a polémica causada pelos seus comentários sobre a Guerra da Ucrânia

27 setembro 2022 10:30

Roger Waters escreveu uma carta aberta a Vladimir Putin.

“Tenho lido comentários nas redes sociais onde me perguntam porque é que escrevi a Olena Zelenksa [mulher do Primeiro-ministro ucraniano] mas não a Putin. Excelente questão, aqui está”, começou por dizer, numa publicação partilhada nas redes sociais.

“Desde que a Federação Russa invadiu a Ucrânia que tentei recorrer à pouca influência que tenho, para encorajar um cessar-fogo e uma solução diplomática que vá de encontro aos interesses de segurança” de cada país, continuou.

“Se pudesse dizer que sim, que quer o fim da guerra, isso tornaria as coisas mais fáceis. Se pudesse dizer que a Federação Russa não tem outros interesses territoriais além de manter seguros os falantes de russo na Crimeia, Donetsk e Luhansk, também ajudaria”.

“Há pessoas que acreditam que você quer invadir toda a Europa, começando pela Polónia e pelo Báltico. Se assim é, vá-se lixar, e mais vale deixar de brincar às ameaças nucleares e rebentar com tudo”.

“O problema é que tenho filhos e netos e não quero ver o mundo a ir pelos ares. Por isso, Sr. Putin, faça-me esse favor, e garanta-nos isso”, pode ainda ler-se.

Recorde-se que Waters tem sido bastante criticado pela sua posição em relação à guerra na Ucrânia. Há algumas semanas, escreveu a Olena Zelenksa: “As forças nacionalistas extremistas que mandam na Ucrânia ultrapassaram as várias linhas vermelhas traçadas pelos vossos vizinhos, a Rússia”.

O músico atuará em Portugal a 17 de março de 2023.