Blitz

Governo repudia “tom e conteúdo” de comunicado da Embaixada da Rússia sobre Pedro Abrunhosa

23 julho 2022 11:48

facebook pedro abrunhosa

“Foi transmitida à embaixada da Federação Russa, através dos canais diplomáticos, o repúdio pelo tom e conteúdo do comunicado da embaixada relativo ao concerto do músico Pedro Abrunhosa”, declara o Ministério dos Negócios Estrangeiros

23 julho 2022 11:48

O Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) transmitiu à Embaixada da Rússia em Portugal, "através dos canais diplomáticos", o seu "repúdio pelo tom e conteúdo" do comunicado por esta emitido sobre o concerto de Pedro Abrunhosa em Águeda, no início do mês. Fora Pedro Abrunhosa, esta sexta-feira, a pedir um "posicionamento" ao governo português em relação ao caso.

O MNE destacou ainda "a liberdade de expressão, com particular ênfase no domínio cultural e artístico, como um valor inalienável em Portugal".

Recorde-se que, durante esse espetáculo, o músico adaptou a letra de 'Talvez F****' para fazer referências ao presidente russo, Vladimir Putin, pedindo ao público para que se juntasse a si no coro: go f*** yourself.

A Embaixada da Rússia considerou que tais palavras eram "indignas do homem de cultura que ainda por cima representa o país", e avisou Pedro Abrunhosa de que "os seus gritos vergonhosos se enquadram em mais de que um artigo da legislação penal portuguesa".

Abrunhosa reagiu, através de um comunicado divulgado pela sua agência e management, Sons em Trânsito: "Compreendemos que a Embaixada da Rússia não entenda facilmente o significado de liberdade de expressão, mas não deixa de ser inédito e muito preocupante que um cidadão português, em Portugal, seja assim intimidado por uma representação diplomática estrangeira".