Blitz

Manel Cruz: “Já tive pesadelos em que vou entrar em palco com Ornatos e digo: não ensaiei nada. Não dá para imprimir as letras?”

2 julho 2022 9:40

rita carmo

“Nunca escolhi ler as letras em palco. Percebo e acho uma solução fixe, mas como sou um bocado obsessivo nunca as iria ter como apoio, iria estar sempre a olhar. Optei por tê-las bem decoradas e essa é uma das razões pelas quais às vezes fico mais nervoso [nos concertos]”. Manel Cruz, para ouvir no Posto Emissor

2 julho 2022 9:40

Manel Cruz, que no próximo dia 9 atua no NOS Alive, esteve no Posto Emissor, podcast da BLITZ, para falar sobre um verão rico em concertos: a solo, como o que dará em Algés, com os Pluto e também com Ornatos Violeta, que em setembro tocam no festival Kalorama, em Lisboa.

Sobre a alternância estes registos, Manel Cruz afirma que "até é fixe, porque retira aquela sensação de estar sempre a fazer a mesma coisa. Há uma parte mais difícil, para mim: as letras", confessa. "Nunca escolhi ler as letras em palco. Percebo e acho uma solução fixe, mas como sou um bocado obsessivo iria estar sempre a olhar. Optei por tê-las bem decoradas e essa é uma das razões pelas quais às vezes fico mais nervoso."

Manel Cruz partilha até que esta ansiedade já lhe causou alguns sonhos. "Já tive pesadelos em que vou entrar em palco com Ornatos e digo: 'não ensaiei nada, não me lembro das músicas! Não dá para imprimir as letras?'"

Pode ouvir esta resposta a partir dos 6m 13s.