Francisco Louçã

Francisco Louçã

  • Se lhe dissessem há uns dias, não acreditava

    Francisco Louçã

    Se lhe dissessem há uns dias, não acreditava

    06.12.2022 às 12h16

    Francisco Louçã

    Se há uns dias lhe dissessem que Trump exige o fim da Constituição dos EUA, o sacrossanto documento que rege a legislação daquele país, e isto por um tweet ter sido apagado em 2020 a pedido da sua própria campanha, acharia que se trata de uma anedota mal engendrada. Habitue-se

  • O gosto de viver atrás do biombo

    Francisco Louçã

    O gosto de viver atrás do biombo

    29.11.2022 às 9h37

    Francisco Louçã

    E já foram dois, toda a hierarquia portuguesa vai em procissão ao Catar tratar de direitos humanos e de gás natural. E o PSD diz que reboca o governo, não para o Catar, mas para a revisão constitucional. Assim vamos, cantando e rindo dos solenes fingimentos

  • Como é que a rainha da Dinamarca se atreve?

    Francisco Louçã

    Como é que a rainha da Dinamarca se atreve?

    22.11.2022 às 10h59

    Francisco Louçã

    Já se esperava esta desilusão, pois a monarquia dinamarquesa, talvez herdeira distante daquele Hamlet conspirador e mortífero, está fadada para trair o país. Quem não se engana são as nossas autoridades, que mostram ao mundo, na sua correria para o Catar, que serem filmados na tribuna e darem a tática vale mais do que essa ridicularia dos direitos humanos

  • Os Gato Fedorento foram uns meninos

    Francisco Louçã

    Os Gato Fedorento foram uns meninos

    18.11.2022 às 0h07

    Francisco Louçã

    Este Governo, como outros, agora namora com os “nómadas digitais”, atraídos pela promessa de impostos risíveis, para que se instalem à beira-mar pela época alta e comprem uma mansãozita

  • A beatitude das mentiras do clima

    Francisco Louçã

    A beatitude das mentiras do clima

    15.11.2022 às 12h10

    Francisco Louçã

    A caminho do abismo e com o pé no acelerador, diz Guterres. Algum governo o ouve? A COP27 está a provar que é maior o esforço para disfarçar do que para resolver. E só a opinião pública pode conseguir evitar o abismo dessa mentira e dos seus efeitos. Conseguirá?

  • Pode o novo Frankenstein marchar sobre Washington?

    Francisco Louçã

    Pode o novo Frankenstein marchar sobre Washington?

    08.11.2022 às 13h45

    Francisco Louçã

    O ataque ao Capitólio foi uma aventura patética. É provável que só a partir de hoje, quase dois anos depois, é que comece a marcha sobre Washington: o Partido Republicano já está completamente trumpizado e, nesta luta, as eleições só são aceites quando dão a vitória aos assaltantes