Duarte Marques

Duarte Marques

Ex-deputado do PSD

  • A guerra não pode ser um salvo conduto para matar pessoas

    Duarte Marques

    A guerra não pode ser um salvo conduto para matar pessoas

    24.01.2023 às 9h57

    Duarte Marques

    Mais uma vez o mundo ocidental e as verdadeiras democracias estiveram ao lado do povo ucraniano. Além de expulsar a Rússia e ajudar a Ucrânia, o mundo ocidental não pode deixar passar em claro empresas como o Grupo Wagner que faz da morte de inocentes o seu negócio. A guerra não pode ser uma offshore de responsabilidades criminais

  • Democracias sob ameaça

    Duarte Marques

    Democracias sob ameaça

    17.01.2023 às 10h42

    Duarte Marques

    Qualquer ameaça à democracia e ao Estado de Direito é má, seja ela feita por um lobo irresponsável como Bolsonaro ou por um humanista como Lula da Silva

  • Método de escolha de membros do Governo

    Duarte Marques

    Método de escolha de membros do Governo

    10.01.2023 às 8h24

    Duarte Marques

    A principal fragilidade do Governo é atualmente o próprio primeiro-ministro pois é ele o responsável máximo e exclusivo por aquilo que agora, além das políticas, também tem falhado: a coordenação política. Criar um circuito alternativo para verificação da escolha dos seus ministros é uma fuga para a frente que tem como o único objetivo escamotear a sua responsabilidade e esconder a sua incapacidade de atrair talento

  • António Costa tem medo do escrutínio ou da democracia?

    Duarte Marques

    António Costa tem medo do escrutínio ou da democracia?

    20.12.2022 às 8h08

    Duarte Marques

    O que teme o PS e o Governo ao tentarem impedir a pergunta-resposta nos debates com o Primeiro-Ministro? Será arrogância ou uma tentativa de esconder os cada vez mais habituais erros ou embaraços do seu Governo? Mentir não deveria ser um impedimento claro do regimento do Parlamento?

  • Os portugueses só abdicam da nota artística para trazer o caneco

    Duarte Marques

    Os portugueses só abdicam da nota artística para trazer o caneco

    13.12.2022 às 8h34

    Duarte Marques

    A geração de ouro da selecção nacional teve o condão de voltar a unir o povo português em torno da sua equipa de futebol onde se esbateram rivalidades clubísticas ou regionais por um bem maior. Mérito da oportunidade de organizar o Euro2004 ou do inconfundível dedo de Scolari, Portugal viveu e respiração selecção nacional como nunca desde a geração de Eusébio. Jogámos bem e só caímos na final

  • Manobras de diversão ou mudança a sério?

    Duarte Marques

    Manobras de diversão ou mudança a sério?

    06.12.2022 às 9h02

    Duarte Marques

    China e Irão recuaram em algumas das posições mais radicais que conhecemos. Seja por uma manobra de relações públicas, seja para reduzir o embaraço dos protestos ou porque há mesmo uma vontade de mudança, a verdade é que há alteração que pode agitar o sistema

  • O livro do Governador é mais grave do que se pensa

    Duarte Marques

    O livro do Governador é mais grave do que se pensa

    29.11.2022 às 10h54

    Duarte Marques

    Como já previa ao ler as primeiras páginas, o livro do Governador revela um conjunto de situações bem mais graves do que o célebre SMS sobre a filha de José Eduardo dos Santos. Há um comportamento reiterado de interferência do Governo num regulador que só nos deve preocupar mais porque semelhante atitude pode também acontecer junto de outras entidades reguladoras com menos capacidade de afirmar a sua independência

  • Ucrânia: um exemplo para o mundo

    Duarte Marques

    Ucrânia: um exemplo para o mundo

    15.11.2022 às 8h58

    Duarte Marques

    Cada pequena vitória dos ucranianos e cada derrota dos russos neste conflito representa um marco de esperança para todos nós. Afinal ainda vale a pena lutar por convicções

  • A verdade incomoda e compromete

    Duarte Marques

    A verdade incomoda e compromete

    15.11.2022 às 8h15

    Duarte Marques

    O livro de Luís Rosa e Carlos Costa é um excelente contributo para o esclarecimento público e obviamente um embaraço para quem julgava que as suas ações e decisões ficariam escondidas da opinião pública. Curioso é que o episódio da filha de José Eduardo dos Santos é um dos menos embaraçosos para vários decisores públicos, particularmente socialistas