Sociedade

Padre afastado por violação dizia que era alvo de ameaças de morte

2 agosto 2022 7:05

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Foto: GETTY IMAGES

Pároco sob suspeita do Patriarcado é descrito por ex-colegas como tendo um comportamento bizarro, chegando a garantir que lhe queriam meter uma bomba no carro. “Há muito tempo que a hierarquia da Igreja sabe bem que este homem não é equilibrado”, conta uma pessoa que se cruzou com o padre na paróquia dos Olivais

2 agosto 2022 7:05

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

A passagem do padre João S., de 62 anos, - que foi afastado de funções esta segunda-feira pelo Patriarcado de Lisboa por suspeitas de violação - pela paróquia de Santa Maria dos Olivais, em Lisboa, em meados dos anos 90, foi curta mas intensa. Um dos episódios que mais deixou marcas entre ex-colegas e fieis até meteu a polícia. O pároco garantia que era alvo de ameaças de morte e até mostrava bilhetes datilografados em que alguém escreveu que lhe queriam meter uma bomba no carro.