Sociedade

Operação Miríade. Pastor evangélico utilizava Igreja para lavar dinheiro dos diamantes

13 novembro 2021 13:14

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Comandos portugueses têm vindo a ser chamados para missões na República Centro Africana

florent vergnes/afp/getty images

Igreja da Rinchoa, em Sintra, é uma das 40 entidades envolvidas na rede de tráfico de diamantes, ouro e droga da República Centro-Africana. Aylton, o pastor, trabalhava com Francisco, soldado da GNR, no branqueamento do dinheiro da rede

13 novembro 2021 13:14

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Num 4º esquerdo da Rinchoa, em Sintra, num prédio azul e branco a gritar por pintura, Aylton criou há cinco anos a sua Igreja. Pastor evangélico, é desde então presidente da direção da Comunidade Casa do Oleiro - Andar com Deus. Mas durante a investigação da Polícia Judiciária à rede de tráfico de diamantes, ouro e droga proveniente da República Centro-Africana (RCA), surgiu ligado a um outro ramo de atividade, totalmente diferente.