A Revista do Expresso

A vida de Annie Silva Pais em imagens

21 setembro 2022 11:16

1 / 25
Entre os pais, na última fotografiado major Silva Pais, tiradaa 17 de Janeiro de 1981,dez dias antes de morrer
1 / 25

Entre os pais, na última fotografiado major Silva Pais, tiradaa 17 de Janeiro de 1981,dez dias antes de morrer

2 / 25
Annie numa praia em Cuba, em 1965
2 / 25

Annie numa praia em Cuba, em 1965

3 / 25
Com 22 anos vence no Verão de 1958 o concurso "Miss Piscina Praia", na Figueira da Foz
3 / 25

Com 22 anos vence no Verão de 1958 o concurso "Miss Piscina Praia", na Figueira da Foz

4 / 25
Com a mãe, na praia das Fontainhas
4 / 25

Com a mãe, na praia das Fontainhas

5 / 25
Com a mãe, na praia das Fontainhas
5 / 25

Com a mãe, na praia das Fontainhas

6 / 25
Com seis anos, emS. João do Estoril, onde os pais tinham casa alugada
6 / 25

Com seis anos, emS. João do Estoril, onde os pais tinham casa alugada

7 / 25
Aos 22 anos, Ana Maria participa no verão de 1958 no concurso «Miss PiscinaPraia», na Figueira da Foz. O «Diário deLisboa» diz que venceu confortavelmente
7 / 25

Aos 22 anos, Ana Maria participa no verão de 1958 no concurso «Miss PiscinaPraia», na Figueira da Foz. O «Diário deLisboa» diz que venceu confortavelmente

8 / 25
Aos 21 anos, numa festa ao lado da mãe, Armanda Palhota, e do pai, Fernando da Silva Pais
8 / 25

Aos 21 anos, numa festa ao lado da mãe, Armanda Palhota, e do pai, Fernando da Silva Pais

9 / 25
 Aos 7 anos, Annie frequenta o Colégio do Sagrado Coração de Maria. Inscrita no ano lectivo de 1946/47, conclui os estudos em 1954
9 / 25

Aos 7 anos, Annie frequenta o Colégio do Sagrado Coração de Maria. Inscrita no ano lectivo de 1946/47, conclui os estudos em 1954

10 / 25
Três gerações Palhota: Annie, a mãe, Armanda, e a avó Madalena
10 / 25

Três gerações Palhota: Annie, a mãe, Armanda, e a avó Madalena

11 / 25
Com o omarido, o suiço Raymond Quendoz, e a sua companhia de sempre, os cães
11 / 25

Com o omarido, o suiço Raymond Quendoz, e a sua companhia de sempre, os cães

12 / 25
Annie (à esquerda)numas ferias em Varadero,ao lado do futuro ministro Raul Roa
12 / 25

Annie (à esquerda)numas ferias em Varadero,ao lado do futuro ministro Raul Roa

13 / 25
Com Raymond, Roa e outrosamigos
13 / 25

Com Raymond, Roa e outrosamigos

14 / 25
MAJOR FERNANDO Silva Pais (1905-81): Diretor da PIDE/DGS durante 12 anos
14 / 25

MAJOR FERNANDO Silva Pais (1905-81): Diretor da PIDE/DGS durante 12 anos

15 / 25
Com a mulher do embaixador Gonzaga Ferreira, no 10 deJunho de 1965
15 / 25

Com a mulher do embaixador Gonzaga Ferreira, no 10 deJunho de 1965

16 / 25
Em 1966, ao lado de uma amiga(de óculos escuros),depois de ter abandonado o marido
16 / 25

Em 1966, ao lado de uma amiga(de óculos escuros),depois de ter abandonado o marido

17 / 25
junto da mãe,Armanda, com quem partilhava a paixão por cremes e perfumes
17 / 25

junto da mãe,Armanda, com quem partilhava a paixão por cremes e perfumes

18 / 25
Em 1975, com o embaixador Fernandes Fafe e a primeira delegação do MFA a visitar Cuba, chefiada por Varela Gomes
18 / 25

Em 1975, com o embaixador Fernandes Fafe e a primeira delegação do MFA a visitar Cuba, chefiada por Varela Gomes

19 / 25
Annie na piscina da embaixada
19 / 25

Annie na piscina da embaixada

20 / 25
Envelope de carta para o pai, preso em Caxias
20 / 25

Envelope de carta para o pai, preso em Caxias

21 / 25
 Com Armanda da Fonseca, no interior do apartamento,  com o Che em fundo
21 / 25

Com Armanda da Fonseca, no interior do apartamento,  com o Che em fundo

22 / 25
O andar dos pais na Rua de Moçambique
22 / 25

O andar dos pais na Rua de Moçambique

23 / 25
Fachada do prédio onde vivia em Havana
23 / 25

Fachada do prédio onde vivia em Havana

24 / 25
Em Junho de 1986
24 / 25

Em Junho de 1986

25 / 25
Com a mãe, em 1989, numa praia de Cuba, depois de ter sido operada a tumor na mama
25 / 25

Com a mãe, em 1989, numa praia de Cuba, depois de ter sido operada a tumor na mama

Em 1965, aos 30 anos de idade, Annie, a filha única de Silva Pais, chefe da PIDE (a polícia política de Salazar), abandona marido e família para se entregar à revolução cubana. Apaixonada por Che Guevara, enamora-se do médico pessoal de Fidel e estabelece uma prolongada relação com o ministro do Interior, José Abrantes. Intérprete de Castro, só volta a Portugal depois do 25 de Abril, para ir ver o pai à prisão. No Verão Quente de 1975 trabalha na 5ª Divisão. Morre em Cuba, vítima de cancro. No dia da estreia televisiva da série “Cuba Libre”, republicamos um artigo originalmente publicado a 14 de setembro de 2002, na Revista do Expresso

21 setembro 2022 11:16