Ranking das Escolas 2019

Há 20 escolas que se repetem no ranking das maiores inflações de notas

27 junho 2020 0:00

O portuense Externato Ribadouro é um dos maiores colégios do país e está na mira do Ministério da Educação

Colégios do Norte estão entre os estabelecimentos que apresentam maiores desvios entre as notas dadas aos alunos e as que obtêm nos exames de forma consecutiva e ao longo dos últimos cinco anos letivos

27 junho 2020 0:00

Apesar das ações levadas a cabo pela Inspeção-Geral da Educação (IGEC) nos últimos anos, continua a haver vários estabelecimentos de ensino que, ano após ano, apresentam os maiores desvios entre as notas que são dadas pelos seus professores e as que obtêm nos exames. Entre 2014/2015 aconteceu com 20, sendo que a maioria são privados (15) e localizam-se em distritos do Norte.

No último relatório da IGEC sobre o desalinhamento de notas, a inspeção contabiliza 45 intervenções desde 2015, incidindo em 39 escolas: seis escolas foram intervencionadas duas vezes. E a conclusão dos inspetores é que estas ações têm contribuído para uma diminuição do fenómeno de inflação das notas, pelo menos nas escolas intervencionadas. Detetadas más práticas de avaliação, a IGEC pode emitir recomendações.

Mas tem havido também casos de atribuição de notas anormalmente elevadas no 12º que já deram origem a processos disciplinares que estão ainda em curso. Desde 2019 foram instaurados 57, sendo que vinte estão quase concluídos, com proposta de decisão à tutela no sentido de condenação dos visados.

Este ano e como as notas dadas pelos professores vão ter um maior peso no acesso ao ensino superior – a ponderação dos exames não vai ser feita para o cálculo da nota interna e apenas contarão no caso de serem provas de ingresso -, o Ministério também mandou a inspeção ir para as escolas e auditar os critérios de avaliação de uma amostra selecionada de estabelecimentos de ensino.

Quanto aos desfasamentos mais acentuados entre notas internas e resultados nos exames, são estas, segundo dados no portal Infoescolas, as que se repetem nos últimos cinco anos:

Colégio das Terras de Santa Maria, Santa Maria da Feira
Escola Básica e Secundária de Santa Maria da Feira
Colégio D. Diogo de Sousa, Braga
Externato Carvalho Araújo, Braga
Escola Secundária Alberto Sampaio, Braga
Associação Cultural e Recreativa de Fornelos, Fafe
Escola Secundária de Fafe
Colégio da Rainha Stª Isabel, Coimbra
Externato Camões, Coimbra
Colégio Paulo VI de Gondomar
Colégio Novo da Maia
Colégio D. Duarte, Porto
Colégio Luso Francês, Porto
Colégio Nossa Senhora do Rosário, Porto
Externato Ribadouro, Porto
Colégio INED, Porto
Colégio de Amorim, Póvoa de Varzim
Colégio da Trofa
Escola Secundária de Monção
Escola Secundária São Pedro, Vila Real