Política

SEDES debate processo de indicação de governantes, mas defende, para já, comissões de ética nos partidos

9 janeiro 2023 19:39

pedro nunes

Miguel Poiares Maduro, vice-presidente da Associação para o Desenvolvimento Económico e Social, alerta para a “disparidade” entre políticos e cidadãos sobre o que entendem por comportamento ético que leva a “uma perda de confiança no Estado e na classe política”

9 janeiro 2023 19:39

A SEDES – Associação para o Desenvolvimento Económico e Social assiste com “preocupação” à situação política atual, que já levou à demissão de vários governantes por incompatibilidades. Essa situação é “suscetível de impedir o país de enfrentar os enormes desafios que tem pela frente, num ano que o Presidente da República definiu adequadamente como decisivo para o nosso futuro”, sublinha o Conselho Coordenador da SEDES em comunicado enviado às redações. “O carácter decisivo do ano de 2023 exige a rápida reposição dos padrões e comportamentos políticos que garantam uma verdadeira estabilidade governativa e protejam a confiança dos cidadãos nas instituições democráticas”, acrescenta.